onça em Igaratá
Moradores de Igaratá acreditam que onça parda está rondando sítios e chácaras da cidade. Foto: Divulgação Internet

Há vários dias moradores dos bairros Alto e do Pitanga ouvem falar da presença de uma onça em Igaratá, que percorre as matas da região. Uns dizem que se trata de uma onça preta, outros afirmam já ter visto uma onça pintada, mas o maior consenso é que se trata de uma onça parda.

Uma vaca morreu ao ser atacada por onça, na madrugada de domingo, 31/07, em Igaratá.

Um pecuarista perdeu, na madrugada desse domingo, 31/07, uma vaca aparentemente atacada pelo animal. Testemunhas contam que no meio da madrugada os cães acordaram os moradores da rua Hellmuth Bruch com latidos desesperados. Embora alguns tenham saído para verificar, não avistaram nada. Ao amanhecer deram de encontro com uma vaca caída ao chão, ainda viva, com o focinho arrancado possivelmente por um animal selvagem.

Veja Também

Chamado, um veterinário constatou que além do focinho mordido e praticamente extraído, a vaca tinha arranhaduras pelo corpo. Um morador observou também que, há alguns meses era possível encontrar capivaras nas proximidades do ribeirão das Palmeiras, nas cercanias do Bairro Alto. Segundo ele, esses animais desapareceram o que pode atestar a presença do predador.

As autoridades recomendam que os moradores permaneçam atentos, evitem transitar pelas ruas no horário noturno e que comuniquem qualquer ocorrência que possa indicar a presença do felino. A onça é um animal carnívoro de hábitos crepuscular/noturno que vive próximos a ambientes de floresta e de águas. Sua mordedura é uma das mais fortes do reino animal e é considerado o maior felino das américas. A onça é uma espécie que se encontra em fase de extinção. Qualquer avistamento deve ser comunicado imediatamente às autoridades. Não tente caça-la, nem conduzi-la a um local confinado. Há registro de ataques a seres humanos inclusive morte de crianças.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments