O período de estiagem mal começou e o Sistema Cantareira voltou a operar na faixa de Alerta na última sexta-feira, 1º de julho. A previsão é de que, ainda este mês, a Sabesp reduza para 27m³/s a captação de água do Cantareira, em vez de manter o limite máximo de 31m³/s da faixa de operação de Atenção.

Com pouca chuva, em 30 de junho, as represas Jacareí, Jaguari, Cachoeira e Atibainha que compõem o Sistema Equivalente do Cantareira estavam com 39,72% de volume útil (V.U.). No ano passado, nessa mesma data, o Sistema Cantareira estava com 45% V.U..

Veja Também

A redução do armazenamento dos reservatórios do Sistema Cantareira, causada pelas chuvas abaixo da média dos últimos meses, fez com que o Sistema Equivalente ficasse abaixo dos 40% de seu volume útil em 30 de junho, quando as represas Jacareí, Jaguari, Cachoeira e Atibainha estavam com 39,72% de seu volume útil.

A Resolução Conjunta nº 925/2017, da Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA) e do Departamento de Águas e Energia Elétrica do Estado de São Paulo (DAEE/SP) estabelece faixas de operação para evitar o desabastecimento e aumentar a segurança hídrica.

• Faixa 1 – Normal: volume útil acumulado igual ou maior que 60% e limite de retirada de 33,0 m³/s;

• Faixa 2 – Atenção: volume útil acumulado igual ou maior que 40% e menor que 60% e limite de retirada de 31,0 m³/s;

• Faixa 3 – Alerta: volume útil acumulado igual ou maior que 30% e menor que 40% e limite de retirada de 27,0 m³/s;

• Faixa 4 – Restrição: volume útil acumulado igual ou maior que 20% e menor que 30% e limite de retirada de 23,0 m³/s;

• Faixa 5 – Especial: volume acumulado inferior a 20% do volume útil e limite de retirada de 15,5 m³/s.

Jaguari em foco

Até ontem, 08/07/2022, a represa do Jaguari de Santa Isabel e Igaratá registrava 56,50% V.U., os dados são melhores do que o registrado no ano passado em que, na mesma ocasião o volume útil era de 48,95%.

Contudo, a situação do Alerta para a região metropolitana de São Paulo preocupa, uma vez que a represa do Jaguari fornece água ao reservatório de Atibainha a fim de garantir mais segurança ao Sistema Cantareira.

Além disso, o Sistema Equivalente da Bacia do Paraíba do Sul, composto pelos reservatórios Paraibuna, Santa Branca, Jaguari e Funil também estão na faixa de Atenção.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments