Para o bem de todos!

turismo
Roberto Drumond - Editor chefe do Jornal Ouvidor.

Para o bem de todos! – Esse é um tema que não gosto muito de abordar. Especialmente porque requer um acompanhamento mais de perto de fatos que afetam a vida da cidade de um modo diferente daqueles que estão em minha preferência. Mas, na edição de hoje sou obrigado a registrar uma satisfação pelos fatos que vou mencionar.

Atuações da Polícia Civil

Trata-se do chocante crime perpetrado por um comerciante contra um ex-sócio e parceiro. O motivo já é do conhecimento público assim como o desenrolar dos fatos e a forma como se deu. Mas a minha pretensão é louvar os fatos que sucederam ao crime.

Segundo fui informado, nesse ano de 2023, Santa Isabel ficou chocada com a ocorrência de três homicídios. Ainda segundo me informaram (e perdoem-me se estiver errado), em menos de 72 horas os três estavam deslindados com a prisão de seus autores. O recorde foi o ocorrido na última terça-feira. Quatro horas depois da nefasta ação, o autor estava detido.

É preciso atribuir a isso à eficiência e a perspicácia dos policiais civis a quem compete investigar e apontar os autores. A violência tem sido um fenômeno comum em todas as cidades do Brasil e, como sempre aponto, homicídio não pode ser um indicador de violência (a menos que ela seja orquestrada por quadrilhas, como a que ocorre atualmente no Rio de Janeiro). Homicídios como os que afetaram a nossa vida em Santa Isabel esse ano são, em geral, praticados por pessoas que, movidas por ódio, paixão ou vingança, os cometem tresloucadamente.

Um desses crimes nesse ano a polícia definiu a autoria pela pegada de sangue deixada no local. O dessa semana, pela observação atenta do modo de caminhar pelo autor e depois, pelo insistente cuidado de obter autorização do autor para visitar a sua residência em busca de evidências da autoria. Foi lá que se consolidou a convicção do autor permitindo a sua prisão em flagrante.

Visitando essa semana a Delegacia de Polícia por uma razão pessoal, tive a oportunidade de constatar pessoalmente a dedicação do pessoal que lá trabalha, seja pela educação como vi receberem as pessoas que buscam informações, bem como as que ali vão vítimas da rotina de violência como roubos, furtos e agressões, esses sim indicadores da violência que assalta a nossa vida!

Aproveito aqui essa coluna para enaltecer o trabalho tanto da Polícia Civil como a Militar que têm demonstrado compromisso com a nossa comunidade, atuando com respeito ao cidadão e com eficiências nas competências que lhe cabem. Segue aqui a minha esperança de que continuem nesse ritmo para o bem de todos nós.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments