Com baixa nas mortes por Covid, cidades fecham leitos

Há meses sem registrar internações graves ou mortes por Covid-19, cidades desativam leitos exclusivos da doença e conseguem desafogar orçamento

0
169
Leitos Covid
Arujá desativou os leitos para covid no último dia 31/05. Foto: Assessoria ITDM

Há quase 100 dias Santa Isabel não registra nenhuma morte por Covid-19. Na vizinha Arujá, nos últimos 88 dias apenas uma pessoa morreu pela doença. A vacinação em massa trouxe estes positivos resultados contra a doença e abriu a oportunidade para que as cidades pudessem desativar leitos que mesmo sem uso representavam custos exorbitantes aos cofres da Saúde.

No último dia 31/05, a Prefeitura de Arujá desativou 20 leitos que estavam instalados no PA Central e no PAM Barreto, que eram destinados aos pacientes em tratamento pela Covid-19. A decisão veio em decorrência da baixa de internações pela doença na cidade.

Desde março Arujá não registra nenhuma ocupação em seus 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) que eram mantidos no PAM. Outros 10 de enfermaria, atendiam no PA Central. De acordo com a secretaria de Saúde a desativação foi possível também em decorrência do fim do estado de emergência do coronavírus, decretado em abril, pelo Ministério da Saúde.

LEITOS COVID
Santa Isabel desativou os seus leitos de Covid já em abril, após o fim do estado de emergência da doença. Foto: Arquivo Luís Silva

Em Santa Isabel, a última morte registrada por covid na cidade foi no último dia, 02/03, de lá para cá as internações também caíram. A cidade, foi a primeira na região a desativar os seus leitos exclusivos para o tratamento da doença, que eram mantidos na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), até o último dia 17 de abril.

Alta de reinfectados e poucos recursos

Apesar de uma nova variante comprovadamente estar aumentando o número de contaminados e reinfectados pela Covid-19, as cidades acreditam que não haverá necessidade de reativar os leitos. Uma vez que os novos casos estão apresentando sintomas leves.

Tanto Arujá, quanto Santa Isabel lamentam a falta de recursos vindos do Estado e da União que impossibilitaram a manutenção dos leitos. Em audiência na Câmara Municipal, o secretário de Finanças de Arujá disse que o município não recebeu nenhuma ajuda financeira, neste ano, proveniente do estado para custeio dos leitos.

Ao todo, a Prefeitura investiu de janeiro a abril deste ano, R$5,3 milhões, a fim de manter os leitos Covid do PA Central e do PAM Barreto. Deste total o Ministério da Saúde enviou apenas R$759 mil e a diferença saiu do orçamento da Prefeitura.

Já em Santa Isabel, o último recurso vindo dos governos Federal e Estadual foi em dezembro de 2021: “De lá para cá tudo foi arcado pela Prefeitura”, disse. A manutenção dos leitos na UPA, até abril, custaram a Prefeitura de Santa Isabel R$328 mil por mês.

Santa Isabel amplia vacinação da influenza para as crianças 

Doses de reforço contra a doença

As cidades já estão aplicando a 3ª dose contra a Covid em adolescentes de 12 a 17 anos. Podem ser imunizados com a dose de reforço quem completou o ciclo com a 2ª dose há quatro meses. Nesta semana, o Ministério da Saúde também anunciou que estenderá a 4ª dose, às pessoas com 50 anos ou mais e a todos os trabalhadores da saúde maiores de 18 anos que tenham tomado a 3ª dose a pelo menos 4 meses.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments