quarta-feira, junho 29, 2022
spot_img
InícioCidadesIgaratáCidade debate o abuso e a exploração infantil

Cidade debate o abuso e a exploração infantil

O dia 18 de Maio foi instituído como “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Infantil”, em homenagem a Araceli, uma menina de oito anos que em 1973, em Vitória (ES), teve todos os seus direitos humanos violados.

Araceli foi sequestrada, estuprada e morta por jovens da classe média alta da cidade, em um crime que até hoje está impune.

O movimento que propaga a prevenção à exploração e abuso de crianças e adolescentes já atingiu quase todos os municípios do país onde governos, sociedade civil e organizações sociais como a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), se reúnem e desenvolvem ações visando combater crimes como o que tirou a vida de Araceli.

Em Igaratá a Dra. Cláudia Vilibor Breda, juíza da Vara da Infância da Comarca, reafirmou que é preciso garantir a toda criança e adolescente o direito ao seu desenvolvimento de forma segura e protegida, livres do abuso e da exploração sexual. Sua palestra, na Câmara Municipal, reuniu o prefeito Elzo de Souza, o secretário Ary Prianti, da Ação Social, além de funcionários e populares.

Mais sobre Igaratá 

IBGE busca recenseadores em Igaratá

Além da Dr. Cláudia, a assistente social, Prof. Wilma Regina proferiu palestra alertando para o tema “Vamos falar de cuidados” abordando os sinais que crianças e adolescentes manifestam ao serem confrontados com a realidade do assédio.

Dra. Wilma é mestre em Ciências Sociais, especialista em Gestão de Pessoas e Psicanalista além de professora universitária e perita judicial. Em sua palestra Prof. Wilma ofereceu instrumentais para os profissionais presentes começarem a consolidar suas ações no combate à violência e exploração sexual infantil.

Santa Isabel e Arujá também promoveram ação sobre o tema 

Cidades no combate ao abuso e a exploração infantil

A ação em Igaratá foi promovida pela Secretaria da Saúde, em parceria com o Grupo de Vigilância Epidemiológica (GVE-Unidade Regional da Secretaria de Estado da Saúde), e a Rede Protetiva à Criança e ao Adolescente.

RELATED ARTICLES
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Most Popular

Recent Comments

Érica Alcântara on Homero vira lenda
Érica Alcântara on Homero vira lenda
Érica Alcântara on Homero vira lenda
Ana Maria Monteiro da Silva on Homero vira lenda
Agenor Vallone on Homero vira lenda
Ana Paula Carrara on Homero vira lenda
José Francisco "Chiquinho" on Mais segurança em Arujá