“Vamos colocar a cidade no eixo, nem que isso custe a minha vida”, diz Luizão Arquiteto

Primeiro político a oficializar a sua pré-candidatura a prefeitura de Santa Isabel em 2024, o vereador e Presidente da Câmara isabelense esteve no Programa de Frente com o Ouvidor

Luizão Arquiteto

Com um projeto de governo ousado, Luizão Arquiteto (PL) segue na defesa da oficialização de sua pré-candidatura para 2024. De acordo com ele, é sim possível transformar Santa Isabel em um único mandato: “Só não conseguem mesmo os amadores, mas eu sei que é possível”, disse. Atualmente na vereança, Luizão espera ainda este ano, apresentar um projeto que visa incentivar a população a cuidar de suas calçadas e fachadas em troca de descontos nos impostos e ainda defende o recadastramento imobiliário como forma de aumentar a receita do orçamento municipal.

Veja Também

Luizão esteve no Programa De Frente com o Ouvidor, na quinta-feira, 27/07, e garantiu que não pretende mais se lançar candidato a vereador, cargo que exerceu nos últimos dez anos. Luizão é inclusive o vereador que mais tempo ficou na presidência da Câmara de Santa Isabel, cargo este que ele pretende passar já no fim deste ano, quando os vereadores escolherão a nova mesa diretora da Casa.

Vislumbrando chegar a prefeitura em 2025, Luizão acredita que até o pleito em outubro de 2024, conseguirá passar a população sua real ideia de projeto para Santa Isabel: “A prefeitura precisa de um técnico e não um política, a política você deixa para o vereador fazer, quando eleito Prefeito, o povo quer que você trabalhe e não fique gastando tempo em rede social. O povo quer ver mudança”, disse.

Luizão ainda defendeu que a cidade precisa combater um mal que se estabeleceu na política local, o assistencialismo. “O problema as vezes não é nem o político, mas o morador que acha que o candidato tem que dar a ele algo em troca do seu voto e com isso, muita gente ainda vem ganhando espaço não pelos projetos, mas pelo churrasco que paga, pela camisa que dá um time de futebol. Isso atrasa demais nossa cidade”, lamenta.

Justiça Tributária e a Fachada Premiada

Luizão defende o recadastramento imobiliário como forma urgente da cidade aumentar sua receita e assim conseguir investir melhor em áreas como Saúde, Educação e Infraestrutura: “Em qualquer lugar que você vai na zona rural da cidade há grandes casas sendo construídas e o cara não tá pagando nenhuma taxa ao município para isso. Por que a prefeitura não está cobrando o ISS dessas construções? Não defendo aumentar os impostos, mas sim cobrar daquele que não está pagando”, ressaltou.

Luizão também defendeu que a cidade precisa passar a promover a justiça tributária, no qual os que possuem maior poder aquisitivo devem pagar mais: “É inadmissível o cara que mora na Avenida República, ou em qualquer condomínio de luxo na cidade, pague o mesmo valor de IPTU que o João que tem uma casinha lá no fundão do Eldorado. Quem tem mais paga mais”, disse.

Um projeto que Luizão pretende apresentar ainda neste ano, deve conceder de 10 a 50% de desconto no IPTU, aos moradores que mantiverem a fachada de suas casas e terrenos devidamente limpos e em conformidade a fim de garantir um bom uso das calçadas pelos pedestres: “Eu chamo de fachada premiada, se aprovado e executado não há dúvidas de que isso vai ajudar e muito inclusive a própria Prefeitura a acabar com um problema que sempre se arrasta que é a má conservação das calçadas na cidade”, explicou. De acordo com Luizão, o projeto ainda está em análise no jurídico da Câmara.

Atualmente no Partido Liberal (PL), mesmo partido do companheiro e também pré-candidato a prefeito em Santa Isabel, Clebão do Posto, Luizão garante que defenderá sua candidatura até o fim, mas que também está disposto a conversar com o partido e encontrar um melhor caminho para ambos: “Quero ser Prefeito, o Cléber também quer, mas vamos sentar e discutir isso mais para frente com calma. O futuro a Deus pertence”, finaliza.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments