Início Saúde

Unidade Sentinela será desativada

UBS Avenida Brasil
Fachada da UBS II da Av. Brasil em Santa Isabel

Após avalanche de atendimento de pacientes com sintomas gripais e crescente casos de Covid-19, Santa Isabel volta a registrar queda por atendimento e Unidade Sentinela será desativada 

Por Bruno Martins

A Prefeitura de Santa Isabel, por meio da secretaria de Saúde, deve fechar a unidade Sentinela na próxima sexta-feira, 11/02. Reaberta após as festas de fim de ano, no dia 05/01, a Sentinela foi uma estratégia necessária devido ao aumento expressivo de pacientes com sintomas gripais e de Covid-19 que sobrecarregaram e Unidade de Pronto Atendimento – UPA.

Na primeira semana do ano, a UPA chegou a registrar cerca de 400 pacientes por dia, com 3h de espera por atendimento. Mas, entre os dias 29/01 à 01/02, voltaram a registra em média 156 atendimentos.

Veja também 

“No dia 14/02 a UBS II da Avenida Brasil volta com suas atividades semanais normais: clínico, ginecologista, pediatra, enfermagem, vacina”, explica a primeira-dama Helena Inácio, idealizadora do projeto Sentinela.

Helena destaca que as consultas agendadas com as especialidades foram transferidas da UBS da Av. Brasil para a UBS do Brotas, sem prejuízo aos pacientes que aguardavam atendimento. “A mudança foi válida somente durante os atendimentos de síndrome gripal na sentinela, agora, a partir do dia 14 volta o mesmo fluxo que havia antes, mesmos dias de consultas, mesma dinâmica”, diz.

Do dia 05/01 até o dia 04/02, a Sentinela atendeu 2.035 pessoas, realizou 1.189 testes (RT-PCR) e deste total 514 deram positivo para Covid-19. 

Se inscrever
Notificar de
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
wpDiscuz
Sair da versão mobile