Vagas de Empregos
Foto Rafael Neddermeyer/ Fotos Publicas

O Estado de São Paulo gerou 3,7 milhões de vagas de emprego de janeiro a junho deste ano. São 31,8% do total de admissões do país em território paulista, segundo o levantamento do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado pelo Ministério do Trabalho.

Os dados revelam crescimento do emprego formal em todos os estados brasileiros nos principais setores da economia. O destaque vai para o Estado de SP que figura no topo do ranking do saldo entre admissões e desligamentos do país. Foram 385,4 mil contratações a mais que o total de demissões, representando 28,8% do total de 1,3 milhão em todo o Brasil.

Leia mais

O setor de serviços no Estado foi o que teve maior saldo, 231 mil, seguido da indústria com quase 70 mil. Já o resultado por grau de instrução revela que as 261 mil admissões a mais que os desligamentos foram de pessoas com o ensino médio completo.

No período, ainda, mais de 2 milhões contratados estão na faixa etária de 18 a 24 anos e de 30 a 39 anos. Os homens somaram mais de 2,1 milhões de empregados, enquanto as mulheres 1,6 milhão.

A economista Zeina Latif, Secretária de Desenvolvimento Econômico de São Paulo, explica que é preciso incentivar cada vez mais ações e programas que contribuam para a geração de emprego e para a qualificação profissional dos paulistas. “Nosso papel não é apenas melhorar o ambiente de negócios e atividades econômicas, mas também criar políticas públicas que possam auxiliar estas pessoas na inserção no mercado de trabalho e no treinamento destes profissionais.”

Para isso, o Governo de SP disponibiliza diversas iniciativas que promovem a melhoria da qualidade de vida de famílias, jovens e adultos em situação de vulnerabilidade com a inclusão socioeconômica no mercado de trabalho, estímulo à geração de renda, subsídios financeiros, bolsas de estudo e qualificação profissional.

Como o Programa Via Rápida que, desde 2019, já capacitou mais de 400 mil pessoas em diferentes modalidades profissionais. E o Novotec Expresso que está com mais de 30 mil vagas abertas em 37 cursos de qualificação profissional em todo o Estado com direito à bolsa-auxílio de até R$ 600.

Bolsa do Povo

Criado pelo Governo de São Paulo e enviado em forma de projeto de lei pela Secretaria da Casa Civil à Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo) em abril de 2021, o Bolsa do Povo tem 19 programas sociais, dentre eles, o Via Rápida e o Novotec Expresso que oferecem oportunidades que priorizam a formação para melhoria da qualidade de vida com a inclusão socioeconômica no mercado de trabalho.

 

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments