Simpósio de Saúde debate os desafios para a região

Organizado pelo CONDEMAT, Simpósio de Saúde contou com a presença de cerca de 200 pessoas entre gestores, profissionais de saúde e autoridades

Simpósio de Saúde
Evento, que entrou em sua segunda edição, discutiu as práticas exitosas dos municípios do CONDEMAT. Foto: Assessoria Condemat

A expertise e a inovação dominaram a segunda edição do Simpósio de Saúde do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (CONDEMAT) – SISAC, realizado na sexta-feira (1), em Mogi das Cruzes. O evento contou com a presença de cerca de 200 pessoas entre gestores, profissionais de saúde e autoridades que discutiram os desafios do setor, assim como as experiências exitosas que são promovidas pelas Secretarias Municipais de Saúde da área de abrangência do CONDEMAT.

Veja Também

Neste ano, o SISAC discutiu o intercâmbio de experiências municipais bem-sucedidas no SUS no tema “Vivendo a Vida”. Por causa das particularidades de cada município que compõe o CONDEMAT, o simpósio foi dividido em dois eixos: municípios de até 200 mil habitantes e cidades de mais de 200 mil moradores.

O vice-presidente do CONDEMAT, Luís Camargo, prefeito de Arujá, destacou a importância da regionalização da saúde para o desenvolvimento do setor. “Nosso consórcio representa três milhões de pessoas, uma região muito expressiva. A regionalização vai melhorar muito a Atenção Primária e facilitará os trabalhos de média e alta complexidade. É muito importante debater sempre esse assunto entre os profissionais de saúde, prefeitos e representantes de entidades, e o SISAC é o ambiente perfeito para essa discussão”, reforçou.

Para a coordenadora da Câmara Técnica de Saúde do CONDEMAT, Adriana Martins, o SISAC é uma importante ferramenta de troca de vivências entre as cidades. “A saúde se faz com pessoas, por isso é muito importante valorizar o trabalho dos profissionais. Através do CONDEMAT, os municípios têm trabalhado em parceria para buscar soluções conjuntas que possam aprimorar os serviços oferecidos”, disse.

Evento contou com a presença do vice-presidente do Condemat e prefeito de Arujá, Dr. Luis Camargo.

O SISAC contou com a palestra da presidente da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo (Socesp), a cardiologista Ieda Jatene, que apresentou palestra sobre a saúde cardíaca da mulher. “Estimativas mostram que duas brasileiras morrem por doença cardíaca a cada 12 minutos no País. Já outro estudo aponta que as mulheres têm sete vezes mais chances de morrer por infarto agudo do que de câncer de mama. São dados muito alarmantes que tem ficado mais claros e evidentes, precisamos atuar para reverter isso. É importante debater esse tema nesse simpósio, pois falamos com a base, com quem age na ponta”, destacou.

A Superintendente do Ministério da Saúde no Estado de São Paulo, Cláudia Maria Afonso de Castro, reforçou que a parceria entre os municípios, estados e Governo Federal são essenciais para promover um Sistema Único de Saúde (SUS) mais forte. “O SUS é exemplo para o mundo, ele tem inúmeros programas que abraça e fortalece a cada dia”, afirmou.

Ao todo, os municípios participaram com 24 trabalhos de suas Secretarias Municipais de Saúde, nos quais 11 foram selecionados para apresentação durante o evento, e concorram a premiação com a entrega de troféus para os primeiros colocados e menção honrosa para os segundos. No eixo de cidades de até 200 mil habitantes, o prêmio principal ficou com Salesópolis com a iniciativa “RX da Saúde do Início ao Fim: Projeto Destinado ao Público I – do Infantil ao Idoso” e a menção honrosa para Guararema com o trabalho “Saúde Digital: Automatização no Monitoramento de Crianças do Município de Guararema”.

O prefeito de Santa Isabel, Dr. Carlos Chinchilla também esteve presente no evento.

Já no eixo de cidades acima de 200 mil habitantes, a primeira colocação ficou para Mogi das Cruzes com a ação “Implantação do Projeto de Telemedicina para Laudos de ECG na UPA de Mogi das Cruzes” e o segundo lugar com Itaquaquecetuba com a experiência “Ações Coletivas e Epidemiologia para Ampliação do Acesso e Equidade no Atendimento Odontológico”.

O simpósio contou com a participação do vice-presidente do CONDEMAT, Luís Camargo, prefeito de Arujá, Priscila Gambale, de Ferraz de Vasconcelos, Vanderlon Gomes, de Salesópolis, Carlos Chinchilla, de Santa Isabel e Rodrigo Ashiuchi, de Suzano, além da vice-prefeita de Mogi das Cruzes, Priscila Yamagami e secretários municipais de Saúde da região.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments