InícioPolíticaSérgio Moro em Santa Isabel

Sérgio Moro em Santa Isabel

O ex-Juiz Sérgio Moro chegou em Santa Isabel em um nada discreto carro preto acompanhado da esposa e cercado por quatro seguranças. Sua condição de eventual candidato à presidência da República lhe dá esse privilégio para evitar eventos como o ocorrido em Juiz de Fora, na última eleição presidencial.

Com uma paciência de Jó, deixou-se fotografar por todos que se aproximavam, mas protegido pela barreira de políticos do União Brasil, partido ao qual está filiado, respondeu poucas perguntas esquivando-se com habilidade de entrevistas. Limitou-se a cumprimentar admiradores, trocar palavras gentis, agradecer e com mais de uma hora de atraso, subiu à Tribuna do salão nobre da Câmara Municipal para sua mensagem.

Perto de 200 pessoas atenderam ao convite do partido União Brasil para a cerimonia de apresentação dos pre candidatos às próximas eleições: para deputado federal, Jr. Bozzella e, para deputado estadual Kadu Barbosa. Entre o público, vereadores e dirigentes partidários do Alto Tietê e do Vale do Paraíba ligados ao partido e admiradores do ex-Juíz.
Em sua mensagem Moro destacou o trabalho da “Lava Jato” atribuindo o sucesso alcançado recentemente pela Petrobrás, ao auferir um lucro de seis bilhões de reais, ao saneamento proporcionado pelo inquérito dirigido por ele e sua equipe de procuradores.

Reservou um sorriso para contar o caso de um encontro vivido por ele em Washington quando foi abordado por um homem “falando um português esquisito” que o reconheceu e contou que, as provas levantadas no Brasil pela “Lava Jato” permitiu descobrir que um governante que há 30 anos governava Angola recebia suborno de uma empresa brasileira.

– Alguns países aproveitaram a “Lava Jato” para promover mudanças, trouxe alteração em diversos países, e houve também países que se sentaram em cima das provas. O que estamos vendo hoje são os revezes, gente querendo dizer que roubar é o certo, que não tem problema com a corrupção. Quando a gente admite que pode roubar e vendo a corrupção, estamos abrindo os cofres públicos para todo tipo de patifaria.

Veja Também

Queda de 37% na emissão do primeiro título de eleitor

Para Moro o fundamental é o combate à corrupção e depois o debate sobre as políticas públicas: – o dinheiro que vai embora na corrupção faz falta na saúde, na escola, falta para o policial ter mais segurança e oferecer segurança à população. Qualquer homem que se dedica à vida pública, tem o compromisso número um com a honestidade, e o compromisso número dois, de combater a desonestidade dos demais.

Sobre as eleições Moro afirmou que independente do cargo que pleitear, suas principais bandeiras continuarão as mesmas: integridade na política, combate à corrupção, e investimento em segurança pública: – Sou soldado da democracia, e estou aqui para defender os interesses da população. Nenhum projeto é individual, tudo é coletivo, finalizou.

Antes do ex-juiz, usaram a Tribuna o vereador Cannor, vice presidente do União Brasil que deu boas vindas aos visitantes e os pré-candidatos Kadu Barbosa e Junior Bozzella.

Se inscrever
Notificar de
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Recent Comments

Érica Alcântara on Homero vira lenda
Érica Alcântara on Homero vira lenda
Érica Alcântara on Homero vira lenda
Ana Maria Monteiro da Silva on Homero vira lenda
Agenor Vallone on Homero vira lenda
Ana Paula Carrara on Homero vira lenda
José Francisco "Chiquinho" on Mais segurança em Arujá
wpDiscuz
Sair da versão mobile