quarta-feira, junho 29, 2022
spot_img
InícioColunistasDérika Viana MachadoSaiba como diferenciar o imóvel urbano do imóvel rural

Saiba como diferenciar o imóvel urbano do imóvel rural

por Dérika Viana Machado

Pode parecer óbvio diferenciar um imóvel urbano ou rural, afinal, imóvel rural é aquele distante da cidade, cheio de “mato”, com gado, já o imóvel urbano está localizado dentro da cidade, nos “grandes centros”, correto? Errado.

Para diferenciar um imóvel urbano ou rural não é levado em consideração a localidade do imóvel e sim a sua destinação.
No imóvel urbano a destinação tem que cumprir alguma função social, como moradia ou exploração de uma determinada atividade econômica (empresarial), ou seja, mesmo que o imóvel esteja localizado em área rural, mas explora-se alguma atividade econômica, como locação aos finais de semana, o imóvel é considerado urbano.

De acordo com o art. 4º, inciso I, do Estatuto da Terra: o “Imóvel Rural”, é o prédio rústico, de área contínua qualquer que seja a sua localização que se destina à exploração extrativa agrícola, pecuária ou agroindustrial, quer através de planos públicos de valorização, quer através de iniciativa privada.

O Superior Tribunal de Justiça já se posicionou no sentido de que a localização não é critério suficiente para determinar o imposto devido: se IPTU ou ITR, sendo possível a anulação de eventuais débitos aplicados em desacordo com a destinação do imóvel.
Há também casos considerados “híbridos”, tanto rural como urbano, ou seja, a família loca uma fazenda para morar e na fazenda possui gado, animais para cuidar, plantio, portanto, não dá para definir a destinação específica do imóvel, nesses casos cabe ao Juiz analisar e decidir qual o tipo de imposto será tributado.

Todos os proprietários que desejam descaracterizar do imóvel rural e transformar para o imóvel urbano podem entrar com processo administrativo ou judicial, se for o caso, tendo em vista que o imóvel não está cumprindo sua destinação legal.
É importante destacar que após a regularização do imóvel, o bem pode valorizar em até 40%. Portanto, em caso de dúvida, sempre consulte um (a) advogado (a) de sua confiança!

RELATED ARTICLES
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Most Popular

Recent Comments

Érica Alcântara on Homero vira lenda
Érica Alcântara on Homero vira lenda
Érica Alcântara on Homero vira lenda
Ana Maria Monteiro da Silva on Homero vira lenda
Agenor Vallone on Homero vira lenda
Ana Paula Carrara on Homero vira lenda
José Francisco "Chiquinho" on Mais segurança em Arujá