Região intensifica ações de proteção nas escolas

Nenhuma cidade da região registrou ataque em escolas, prefeituras reforçam segurança, Polícia Militar e GCM intensificam ronda nas escolas

ambiente escolar
Viaturas da Polícia Militar e da Guarda Civil Municipal marcaram presença na entrada e na saída das escolas. Foto: Bruno Martins - Jornal Ouvidor

Desde a semana passada, a Polícia Militar e as prefeituras da região estão emitindo comunicados a fim de garantir as condições seguras no ambiente escolar. Os comunicados se intensificaram na medida em que notícias falsas foram ganhando destaque e se disseminando causando ainda mais insegurança aos pais e estudantes. Com medo de um possível ataque, aluno leva faca na mochila, mas PM identifica e apreende objeto.

Veja Também

Posse dos novos GCMs de Arujá. Foto: Prefeitura de Arujá

Os prefeitos de Arujá e Santa Isabel determinaram portões fechados em todas as escolas de ambos os municípios. Em Arujá, o prefeito Dr. Luís Camargo empossou 23 novos agentes da Guarda Municipal, ampliando em 50% o efetivo da GCM na cidade: “Implementamos o botão de pânico, via aplicativo “153 Cidadão”, em todas as escolas públicas ou privadas, do município, o que permitirá a conexão em tempo real dessas unidades com as nossas equipes da GCM”, explicou o prefeito Dr. Camargo.

Em Santa Isabel, o prefeito Dr. Carlos Chinchilla também determinou portões trancados nas escolas do município e durante a semana visitou as unidades sem aviso prévio, a fim de constatar que a direção estava cumprindo as determinações: “Todas as nossas escolas já possuem câmeras de monitoramento, e iniciamos diálogo com a Polícia Militar a fim de que a PM tenha acesso a essas imagens e possa assim acompanhar todas as movimentações nas unidades”, disse o Prefeito.

Foto: Assessoria de Imprensa Prefeitura de Santa Isabel (PSI).

Ainda em Santa Isabel, a prefeitura promoveu na quinta-feira, um encontro com diretores das escolas municipais, estaduais e particulares da cidade. Durante o encontro, Policiais foram designados para manterem contato direto com a Secretaria Municipal de Educação, com a Regional de Ensino, e com os diretores das escolas. O objetivo é estreitar a comunicação entre as entidades para otimizar atendimento a possíveis ocorrências.

Em Igaratá, a PM emitiu um comunicado para desmentir a Fake News de que as escolas do município seriam alvo de ataques e garantiu que as escolas do município estão com policiamento reforçado por meio das atividades DEJEM e Delegada. Essa última que advém de um convênio firmado entre a prefeitura de Igaratá e o governo do Estado, no qual as horas extras do policial são pagas pelo município. A prefeitura inclusive determinou que o valor pago à atividade delegada seja revertido para o policiamento das unidades escolares.

Com medo, aluno leva faca para escola

Na última quinta-feira, 13/04, um aluno levou uma faca para a escola Estadual Dr. Carlos Richard Strautman, no Bairro Parque Rodrigo Barreto, em Arujá. Identificado pela direção da unidade, imediatamente a PM enviou uma equipe ao local. Interrogado ao lado do Conselho Tutelar, o aluno disse que apenas levou o objeto com intuito de se defender, caso a escola fosse alvo de um ataque.

A faca foi apreendida pela PM, a escola aplicou uma medida disciplinar ao aluno e Conselho Tutelar notificou os pais do adolescente.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments