Início Segurança Pública

Reforço para a polícia

Novo cão recruta do Canil do 3º Baep está sendo treinado para o encontro de pessoas perdidas na região de São José dos Campos

Dino está sendo treinado para o encontro de pessoas perdidas
Filhote de Bloodhound está sendo treinado para o encontro de pessoas perdidas

Dino é o nome do novo cão recruta do Canil do 3º Baep. O filhote de Bloodhound está sendo treinado para o encontro de pessoas perdidas na região de São José dos Campos

O canil do 3º Batalhão de Ações de Polícia (Baep), responsável por atender toda a região de São José dos Campos, composta por 39 municípios, decidiu, nesta quarta-feira (1º), qual será o nome do novo cão recruta que está sendo treinado para o encontro de pessoas.

O filhote se chamará Dino, seguindo a sugestão da neta do primeiro adestrador de cães da unidade, Tenente Acidino, que faleceu este ano e treinava o cão Axel de Bismarque. A ideia chegou ao batalhão por meio das redes sociais.

Dino tem mais de 50 dias de vida e é da raça “Bloodhound”, conhecido popularmente como cão de Santo Humberto e que em sua fase adulta chega a possuir 850 milhões de células olfativas.


LEIA TAMBÉM

Nota de Falecimento – Dr. Tális Prado Pinto


O novo integrante foi adquirido pela Polícia Militar para substituir o cão herói Mike, que se aposentou no início deste ano. Agora, o Dino passa por um treinamento até estar apto às atividades em campo, o que pode durar cerca de dois anos, dependendo da sua adaptação. Em breve será um cão treinado pelo Baep que salvará vidas!

O filhote tem temperamento dócil e gentil, características que contribuem para o adestramento na modalidade “mantrailing”, que consiste em apresentar um odor específico ao animal para que ele fareje a trilha até encontrar a fonte.

Antes de ser apresentado a odores de pessoas, o cãozinho, que terá seu nome escolhido por meio das redes sociais da PM, passará por um processo de ambientação e treino do seu faro com tarefas simples, como socializar com outros animais.

Canil do 3º Baep

O canil do 3º Baep já tem 56 anos de história e antes da criação do batalhão especializado era subordinado ao 5º Batalhão de Polícia Militar do Interior (BPM/I). Com sede em Taubaté, o canil conta hoje com sete cães na ativa para atividade de guarda e proteção – encontro de drogas e outros três filhotes em treinamento para a mesma finalidade. As raças variam entre pastor alemão e pastor belga malinois.

 

Se inscrever
Notificar de
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
wpDiscuz
Sair da versão mobile