PSI participa do Dia Mundial do Meio Ambiente com comprometimento

Data promove debates acerca de recuperação de terras, resiliência e desertificação. Preservação de recursos naturais é pauta na PSI.

O mundo se prepara para viver, na próxima quarta-feira (5), o Dia Mundial do Meio Ambiente. Data é marcada pela lembrança e valorização da administração dos recursos naturais. E na Pedreira Santa Isabel (PSI) não é diferente. Como forma de reconhecer a importância do meio onde atua, a empresa adota, diariamente, práticas sustentáveis que reforçam o compromisso com a comunidade em que está inserida.

Com processos de conscientização que vão desde a educação infantil – com cartas abertas ao meio ambiente e o plantio – até as etapas de mineração, a PSI destaca na participação ativa do controle de qualidade do meio ambiente.

Foi notícia no Ouvidor

Segundo os representantes do Grupo PSI, “é extremamente importante ressaltar que todo dia deve ser Dia Mundial do Meio Ambiente. Como lembramos, é a conexão com a natureza que nos ligará ao futuro”.

De acordo com os representantes, também é necessário ter em mente a importância da administração responsável dos recursos, assim como é realizado pela mineradora. “No Dia Mundial do Meio Ambiente, chamamos a atenção para a preservação dos processos biológicos, físicos e químicos que compõem o planeta Terra, estes que muitos consideravam ‘inesgotáveis'”, explicam.

Em 2024, as ações promovidas pela Organização das Nações Unidas (ONU) trazem o tema “Restauração da terra, desertificação e resiliência à seca”. Com a chamada “Geração Restauração”, a data relembra o impacto da degradação da Terra em mais de 3,2 bilhões de pessoas em todo o planeta.

Significados e Origem

O Dia Mundial do Meio Ambiente foi instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 5 de junho de 1972, na Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente Humano, realizada em Estocolmo, na Suécia.

O dia foi escolhido em memória à realização do evento e, desde então, todas as edições contam com diferentes temas que chamam a atenção de todas as esferas da sociedade quanto aos problemas ambientais e a recuperação de recursos naturais.

Na chamada “Conferência de Estocolmo”, houve o início da mobilização pela mudança no modo de ver e pensar no meio ambiente em todo o mundo, assim como na instauração de princípios que orientam a política ambiental.

Neste ano, mais de 1,8 mil eventos em prol da conscientização do meio ambiente foram protocolados na Organização das Nações Unidas. Já na conferência oficial, que acontece ainda na próxima quarta-feira, a Arábia Saudita será palco para a discussão acerca da desertificação do planeta, além de tópicos como a resiliência e recuperação das terras.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments