Prefeitura e OAB se manifestam contra Backface

O caso de blackface foi registrado em espetáculo teatral apresentado durante os festejos do Santa Isabel Rodeio Fest

blackface
Foto: Arquivo Jornal Ouvidor

A prefeitura de Santa Isabel emitiu no fim da tarde desta quarta-feira, 12, uma nota oficial para responder aos questionamentos recebidos desde o final de semana, sobre um caso de “blackface” ocorrido durante uma apresentação teatral no último sábado, 08, na arena do Santa Isabel Rodeio Fest.

A prática blackface consiste na pintura de rosto e pele com carvão ou tinta preta, para que atores, brancos, possam representar personagens pretos de forma exagerada ou recreativa. No espetáculo apresentado no Santa Isabel Rodeio Fest, um ator estava vestido como personagem “Nega Maluca”, que representa uma mulher preta exacerbada, estereotipada, pobre e completamente descabelada.

Na nota, a Prefeitura garante que tomou providências assim que a apresentação foi encerrada e os representantes da administração municipal foram pessoalmente conversar com o responsável pela Companhia Teatral Babalú, responsável pela encenação. A Companhia informou que a peça, tem uma trajetória de 28 anos de apresentações em todo o país, e nunca antes havia sido alvo de tais questionamentos.

Ainda segundo a Companhia Babalú, jamais houve a intenção de discriminar quem quer que seja. Apesar das justificativas, os Gestores informaram que a performance poderia ser classificada como racismo “BLACKFACE”, e solicitaram para que a mesma fosse excluída dos demais dias, o que foi prontamente acatado pela empresa.

Os primeiros a se manifestarem contra o ocorrido, foram os dirigentes da Casa da Tia Margarida, que ainda na segunda-feira, 10/07, emitiram uma nota em suas redes sociais repudiando o ato e cobrando o posicionamento das autoridades.

Dois dias depois, quarta-feira, a Ordem dos Advogados do Brasil – OAB de Santa Isabel, por meio de sua Comissão da Igualdade Racial emitiu nota repudiando qualquer ato de racismo e que inclusive abriu um expediente interno para apurar e investigar os fatos.

Ainda em sua nota, a Prefeitura de Santa Isabel, reafirma: “Que combate à discriminação racial e que repudia veementemente qualquer tipo de discriminação ou preconceito, seja direito ou indiretamente, contra indivíduos ou grupos em razão da sua etnia ou cor. A administração municipal lamenta o ocorrido”, finaliza a nota.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments