Pelé deixa o campo

Pelé não é apenas uma lenda, sobre ele existem várias lendas que compõem um personagem emblemático que soube ser um cidadão do mundo e um exemplo para milhões de crianças. Foi Pelé quem teceu a identidade nacional com o futebol elevando ao expoente máximo o esporte no mundo.

Veja Também

Quando os Estados Unidos descobriram o futebol existente além do “soccer”, foi atrás de Pelé, então aposentado no Santos que buscaram para demonstrar a arte e a habilidade necessária para vencer no retângulo gramado. Em junho de 1975 o NY Cosmos contratou o maior jogador de todos os tempos para compor a sua equipe. Cinco dias depois de assinado o contrato Pelé estreou no campo americano. O jogo terminou empatado e Pelé, é claro deixou o dele.

Entre as histórias sobre o Rei do Futebol, conta-se que jogando no time que adotou como seu por toda a sua vida, toda vez que fazia um gol, ia até o meio do campo e amarrava a chuteira. Um dia, perguntado a razão do gesto explicou que aquele gol estava sendo dedicado à sua namorada, esposa, amiga, sabe-se lá em quem, de fato ele pensava. A verdade é que todas as suas fãs se sentiam imensamente homenageadas.

Pelé foi um homem de sorte. E soube cultivar a sua boa ventura como um mestre. Nos mínimos detalhes era observado e o mundo se ajoelhava diante dele. Uma de suas fotos que ganhou o mundo foi feita, certamente por um acaso. Somente depois de revelada, a foto mostrou um coração estampado pelo suor na camisa.

Empresário de sucesso soube administrar a fortuna que amealhou durante toda a sua vida. Deu exemplo de prudência, discrição e pouco frequentou os círculos de fofoca que o buscava onde quer que ele estivesse. Na vida pessoal assumiu todas as suas fraquezas e fez com que elas demonstrassem o quanto ele era humano e solidário.

O mundo e o esporte perdem hoje um verdadeiro Homem, um atleta na vida. O sorriso, o olhar brilhante e a alegria que, mesmo nos momentos mais difíceis, sabia expressar com a confiança de quem é melhor do que qualquer imprevisto que a vida pode trazer.

O Brasil perdeu a Copa do Catar e muita gente chorou. Perdemos Pelé, todo nós choramos, mas podemos ter o orgulho de termos tido, entre nós, a genialidade do homem que foi e continuará sendo o símbolo da arte no esporte. Pelé apenas deixou o nosso campo, mas foi para um campo maior: A História.

Se inscrever
Notificar de
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments