PROCON: combate à “Black Fraude”

Durante cinco meses, os fiscais do Procon de Santa Isabel visitaram lojas da cidade para verificar os preços e comparar com as ofertas da última sexta-feira

Cidades Em 26/11/2021 21:35:04

A última sexta-feira do mês de novembro é tradicionalmente utilizada pelo comércio como a data de inauguração da temporada de compras natalícias. Em diversos países a chamada Black Friday anuncia promoção e desconto, mas nem todo comércio cumpre suas promessas. Em Santa Isabel, uma operação de fiscalização do Procon identificou fraudes e notificou estabelecimentos.

Durante cinco meses, os fiscais visitaram lojas pequenas e de grandes redes, registrando uma lista de preços com os principais produtos do segmento de eletrodoméstico. Ontem, 26/11, as equipes voltaram nos mesmos comércios, para comparar os valores e verificar o percentual de desconto da Black Friday.

Em um dos estabelecimentos, o smartphone estava R$200 mais caro do que o valor encontrado na pesquisa do mês anterior. A empresa foi notificada pelo Procon. Os demais produtos da loja mantiveram o preço e o destaque foi o desconto de quase R$1 mil em uma geladeira.

Segundo a moradora de Santa Isabel Bruna Aparecida Pinto, os preços estavam bons, mas também era necessário fazer uma pesquisa. “O desconto está compensando. Estou pensando em levar os produtos, mas vou pesquisar em outras lojas para ter certeza”, explicou ela. 

Já no outro estabelecimento, a procura era maior nos setores de alimentação, limpeza e higiene pessoal. O Procon conferiu os valores e não foram encontradas irregularidades nos itens selecionados pela lista. 

Isabel Miranda estava em busca de uma nova panela de pressão e aproveitou o desconto da loja, para levar o utensílio para casa. “Eu pesquisei antes e o preço aqui está bom. Eu não vi as outras coisas, porque estava mesmo interessada na panela, mas tem bastante produtos com desconto”, conta.

Na loja, o maior desconto foi em uma televisão, que de R$3.399, passou para R$2.299, em cinco meses, com R$1.100 de redução do preço, ou seja, 32,36%. Apesar da diminuição dos valores, a Black Friday não agradou muitos clientes. 

“Os eletrodomésticos não tiveram muitos descontos. No ano de 2019 estava melhor, agora tem menos promoções. Os preços não estão tão empolgantes”, explica Maricélia Oliveira. 

Em outro comércio, uma airfryer foi anunciada a R$450, com placa de promoção de Black Friday, mas em setembro, o preço era de R$399. Os fiscais irão solicitar uma nota de esclarecimento para a loja. 

DICAS DO PROCON

O Procon de Santa Isabel orienta, que os moradores que fazem compras pela internet, devem ficar atentos se a plataforma existe, verificando o CNPJ, endereço físico e Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC). Também é preciso printar as telas, para que o consumidor possa exigir o cumprimento da oferta. 

Em caso de arrependimento da compra virtual, o cliente tem um prazo de até sete dias para devolver o produto. O preço do frete deve ser sempre consultado e os sites que só aceitam pagamento via boletos devem ser evitados, pois o valor pago poderá não ser mais recuperado.

Os consumidores também devem desconfiar de ofertas muito baixas, pois promoções exageradas, podem direcioná-los a uma fraude. Os munícipes que precisarem de orientações sobre direito do consumidor ou fazer uma denúncia, podem procurar o Procon, no endereço Praça Fernando Lopes, 32, Centro, ou pelo telefone 4657-4453.