Prefeitura fechará Sentinela

Com baixa nos casos graves de covid-19, Santa Isabel fechará no próximo dia 15 a sua unidade sentinela. Prédio voltará a ser UBS

Saúde Em 11/09/2021 09:15:33

Por Bruno Martins

Criada com o objetivo de diminuir a gravidade dos casos confirmados de Covid-19 e pode oferecer aos pacientes um atendimento e diagnóstico rápido da doença, a unidade sentinela que nos últimos cinco meses ficou instalada na UBS Dr. Francisco Pereira Ribeiro, na Av. Brasil, encerra os seus atendimentos, no próximo dia 15/09.

Inaugurada em 12 de abril, após a cidade passar pelo mês mais mortal da pandemia ocorrido em março quando a secretaria de Saúde contabilizou 52 mortes pela doença, a unidade sentinela teve participação importante na redução de internações e mortes pela Covid-19 na cidade. 

De lá para cá, foram 2.708 atendimentos, 64 internações das quais 50 resultaram em alta e 14 foram a óbito. De acordo com a Prefeitura, 09 dos 14 pacientes que passaram pela unidade sentinela e morreram em decorrência da Covid, procuraram atendimento somente após o sétimo dia de sintoma.

Desde a inauguração da unidade, a Primeira Dama de Santa Isabel, Helena Inácio enfatizava a importância de, sob qualquer suspeita, procurar imediatamente a unidade para tratamento rápido e preventivo, pois só assim seria possível evitar complicações e acelerar a recuperação dos pacientes.

De acordo com a secretaria de Saúde, o fechamento da sentinela está sendo possível após a queda dos indicadores de agravamento da Covid na cidade. “Antes de voltar a ser uma UBS, a unidade passará por uma desinfecção e limpeza, retomando os atendimentos ao público no próximo dia 20 de setembro às 7h”, explica.

Covidário na UPA

Sobre os leitos mantidos na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) para atendimento exclusivo de pacientes com Covid-19, a secretaria de Saúde informa que renovou o contrato com a Santa Casa por mais 30 dias e que se necessário o contrato poderá ser prorrogado por igual período.