Nem todos denunciam a violência doméstica

Em pesquisa realizada pelo Jornal Ouvidor na semana passada mais de 80% das pessoas que disseram já ter presenciado algum tipo de violência doméstica, nunca denunciaram este tipo de crime

Segurança Pública Em 04/09/2020 19:00:00

Por Bruno Martins

 

A pesquisa foi realizada no dia 31/08, último dia do mês que foi dedicado a conscientização da população no combate a violência contra a mulher. Cerca de 2.500 pessoas responderam às perguntas do Ouvidor que ficou disponível pelas redes sociais do jornal por 24h.

Questionados se: “Você conhece alguma mulher que sofre algum tipo de violência”, 58% disseram que não e 42% disseram que sim, porém quando foram questionado se já haviam denunciado algum tipo de violência contra mulher, apenas 19% disseram que sim enquanto 81% afirmaram que não.

Para a Psicóloga Camila Brito, o fato das pessoas não denunciarem a violência contra mulher está mais atrelado a questões sociais do que algo psicológico: “Temos uma cultura machista que defende a ideia de que em briga de marido e mulher não devemos meter a colher, acreditando que a mulher é um patrimônio de seu parceiro, por isso não devemos intrometer, mas devemos sim. A violência contra a mulher vai além da questão física, ela sempre começa pela violência psicológica e às vezes, sem reconhecer essas outras formas de  violência, as pessoas acham por melhor não denunciar”, disse.

O Capitão da Polícia Militar Anderson Pelegrine reforça a importância de que a denúncia de qualquer tipo de violência contra a mulher não é só uma responsabilidade da vítima, mas também da sociedade: “Hoje nós temos o 190 e o aplicativo SOS Mulher que permitem uma denúncia rápida e uma resposta imediata da PM para a prisão dos agressores, e não só a vítima pode utilizar destes serviços como o vizinho e o familiar que vier notar qualquer movimento ou atitude suspeita também pode e deve acionar a PM”, reforça.

As denúncias também podem ser feitas pelo disque 100 e pelo 181. A ligação é gratuita e o sigilo é garantido.