Mais de 800 pessoas ainda não foram vacinadas em Igaratá

Pelo menos 830 pessoas, com idade entre 15 e 49 anos, não tomaram sequer a primeira dose da vacina contra a Covid-19 em Igaratá

Saúde Em 11/09/2021 08:59:25

Por Bruno Martins

Enquanto em muitas cidades da região alguns moradores acima dos 40 anos já completaram o ciclo de imunização contra a Covid-19 com as duas doses ou a dose única da vacina, em Igaratá, boa parte deste público, não tomou sequer a primeira dose da vacina. Em um levantamento da secretaria de Saúde, divulgado nesta semana, cerca de 830 pessoas entre 15 e 49 anos ainda aguardam para a aplicação da 1ª dose.

A prefeitura de Igaratá, encaminhou nesta semana mais um ofício ao Governo do Estado, no qual pede atenção especial ao déficit de vacinas na cidade. A diferença nas doses recebidas, de acordo com a secretaria de Saúde, vem em decorrência da desatualização do Censo demográfico, que considera apenas a população total que existia na cidade ainda em 2010.

Os números abrangem a defasagem registrada até esta quinta-feira, 09/09, e levam em consideração somente doses que faltam para atingir a imunização em públicos já cadastrados pela Secretaria e cuja idade já foi convocada pelo próprio governo do Estado.

Atualmente a cidade está cadastrando adolescentes com idades entre 12 e 14 anos. “Assim que novas doses chegam, a população devidamente cadastrada, é convocada para se vacinar. A insuficiência do número de doses necessárias para cobertura total do público-alvo provoca uma situação de muita revolta e insatisfação nas pessoas não vacinadas. Por isso, solicitamos o envio urgente destas doses para que o caos não se estabeleça, prosseguindo com a campanha e garantindo a cobertura e imunização da população”, diz a Secretaria em nota enviada ao Estado.

Até a tarde de ontem, Igaratá aplicou 12.306 doses de vacinas contra covid. Deste total, 7.803 se referem à primeira, e 4.503 à segunda dose.