Governo do Estado libera verba para reforma do Mirante

Recursos do MIT estavam retidos na Secretaria de Turismo por falta de projeto

Cidades Em 10/12/2021 18:11:48

Foi liberada na última quarta-feira a verba de 2021 para a recuperação e reurbanização do mirante no entorno da capela do Monte Serrat, em Santa Isabel. Oss recursos referentes aos anos de 2018/19 estavma retidos na Secretaria de Estado dos Negócios de Turismo  em decorrência de falhas e erros cometidos nos projetos apresentados no programa do MIT (Município de Interesse Turístico).

O órgão da Secretaria encarregado da análise do projeto, segundo conta o secretário de desenvolvimento econômico de Santa Isabel, Sérgio Sidorco, já estava desestimulado a analisar os projetos do município em razão das constantes mudanças do objeto. O resultado foi que os recursos ficaram retidos no Dadetur (Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos) permitindo a acumulação que será empenhada na obra autorizada na última quarta-feira.

A reforma de todo o conjunto está orçada em três milhões de reais dos quais a primeira parte está estimada em R$1,7 milhões. O saldo será coberto por uma emenda parlamentar do deputado federal Roberto de Lucena (Podemos) no valor de um milhão de reais e o recurso do MIT de 2022, no valor de R$650.000,00, totalizando R$3,350 milhões.

O projeto de reforma elaborado em 2020 previa o reforço de apenas três colunas do conjunto arquitetônico o que gerou o embargo da obra pelo governo do Estado. O laudo elaborado esse ano identificou a necessidade de reforçar todos os 37 pilares sobre os quais será aplicada a laje onde ficarão os jardins, os pergolados e a área de tráfego de visitantes. Na parte de baixo do mirante serão instalados 15 boxes que serão concedidos através de licitação onde ficarão o restaurante e as lojas de lembranças e de serviços.

Na parte superior não haverá espaço para o tráfego de veículos. Todo o fluxo será feito por trás da capela onde também ficarão os espaços para estacionamento. – Pela entrada principal, diz o prefeito Carlos Chinchilla sorrindo, “somente o carro da noiva!”

- Toda cidade tem um cartão postal que lhe serve de identidade, Santa Isabel nunca teve. O Mirante é, portanto o local que vai servir de referência para a população entender a própria vocação turística da cidade. Teremos ali a oportunidade de demonstrar a força de nosso turismo, com um ponto de encontro de nossas famílias, da gastronomia, das artes e da cultura desenvolvidas no município. O novo Mirante vai ser o marco histórico da cidade!

Sem esconder o orgulho de estar dando início à execução desse projeto, o prefeito Carlos Chinchilla agradece aos técnicos do DADETUR que coordenaram todo o projeto, à técnica Valdirene Ricanelo, da Amitesp (Associação dos Municípios de Interesse Turístico do Estado de São Paulo), do Comtur isabelense e de sua equipe de governo como o pessoal da secretaria de Turismo e também da diretora de convênios, Neli Costa e de todas os funcionários da prefeitura que superaram  as exigências para fazer valer o projeto de dar ao isabelense o espaço mais bonito da cidade.

No próximo dia 16 deverá acontecer a assinatura do convênio MIT/2021 que completará a verba necessária para a recuperação da Praça do Mirante de Nossa Senhora do Monte Serrat.