Cidade impedida de receber recursos

Nesta semana, Santa Isabel deixou de receber uma viatura da Defesa Civil por falta de Certidão Negativa de Débito. Prazo de defesa feito na gestão passada foi protocolado com seis meses de atraso

Cidades Em 12/11/2021 17:22:10

Por Érica Alcântara

Responsável por um orçamento, tradicionalmente mais baixo no final do ano, o Prefeito de Santa Isabel Dr. Carlos Chinchilla ainda enfrenta um dos maiores desafios já enfrentados pela administração pública deste município: a falta de Certidão Negativa de Débitos- CND.

O que isso na prática significa?

Comparativamente, é como uma pessoa que, estando com o nome sujo na praça, não pode receber recursos públicos externos, do Estado e da União. A cidade também está impedida de dar sequência à novos contratos e ainda pode perder o prazo de recebimento de diversas emendas parlamentares.

“É um verdadeiro caos, fruto de erros do passado que, agora, cobram um preço alto do povo isabelense”, lamentou o Prefeito durante entrevista ao vivo pelo canal do Youtube do Jornal Ouvidor na última segunda-feira, dia 08/11.

O Prefeito contou que, logo que assumiu a gestão da prefeitura, se deparou com uma folha de pagamento inflada e um déficit na saúde de R$13 milhões. Mas o mais grave, segundo ele, eram os processos que somavam R$21 milhões em dívidas, em razão do não pagamento de impostos. 

“A gestão passada teria que ter recorrido dentro dos prazos estabelecidos, a data limite era até o dia 17/05/2020, mas eles apresentaram a defesa seis meses depois, no dia 04/11. Que, em razão do atraso intempestivo, foi obviamente rejeitado pela receita”, disse Chinchilla. 

Para resolver o problema, Dr. Carlos está contestando os valores da dívida e adotando uma série de medidas que você confere na entrevista gravada no Youtube do Ouvidor. Se inscreva no canal e clique no sinhinho para ser notificado (a) sempre que uma nova entrevista estiver no ar.