ARUJÁ É REFERÊNCIA NA VACINAÇÃO CONTRA A COVID-19 EM NÍVEL NACIONAL

O Indsat constatou que, em outubro deste ano, o índice da vacinação contra a Covid-19 de ótimo, bom e regular, em Arujá, foi de 97,7%, um dos maiores índices de aprovação do Brasil

Saúde Em 11/11/2021 19:53:07

O município de Arujá é considerado referência na vacinação contra a Covid-19 entre as cidades brasileiras de pequeno porte (até 100 mil habitantes), segundo destacou o Indsat (Indicadores de Satisfação dos Serviços Públicos), instituto que mede o índice de satisfação da população em relação a diversos serviços prestados pelos órgãos públicos do país.

O Indsat constatou que, em outubro deste ano, o índice da vacinação contra a Covid-19 de ótimo, bom e regular, em Arujá, foi de 97,7%, um dos maiores índices de aprovação do Brasil. Além disso, o levantamento mostra que o município subiu no ranking de satisfação, onde em junho deste ano ocupava a posição de alto grau de satisfação, com 691 pontos, crescendo na pesquisa realizada pelo Indsat, em outubro, para o grau de excelência, com 826 pontos.  

Um dos primeiros municípios do Alto Tietê a realizar a vacinação contra a Covid-19 mediante agendamento, para evitar demora no tempo de espera e aglomeração, Arujá já vacinou até hoje (11/11) na primeira dose, de acordo com Secretaria Municipal de Saúde, 72.114 moradores da cidade, o que corresponde a 93,4% da população. No total, foram aplicadas 139.338 doses de vacina contra a Covid-19, distribuídas em 72.114 na primeira dose, 60.490 na segunda dose, 2.309 na dose única e 4.425 nas doses de reforço (ou terceira dose). A taxa de recuperação de pessoas infectadas pela Covid também merece destaque: 96,6%.

O prefeito Dr Camargo lembrou que a pandemia foi um desafio não só para o município de Arujá, como para todos os gestores municipais. "A grande marca do nosso governo sempre foi o cuidado com os arujaenses. Por isso, durante a fase crítica da pandemia, nosso maior objetivo foi salvar vidas, ampliando número de leitos de UTI, trabalhando diuturnamente para não deixar faltar insumos como kit entubação, até porque a saúde sempre é uma das áreas que precisa de muita atenção por parte de qualquer administração, então, a gestão da vacinação feita pela Prefeitura e, consequentemente, pela Secretaria Municipal de Saúde nos mostrou que conseguiremos fazer muito mais benefícios para a nossa população". 

O trabalho envolvido na imunização contra a Covid-19 em Arujá foi coordenado pela Prefeitura de Arujá, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, comandada pelo secretário Leonardo Reis, e toda a equipe, com a enfermeira Denise Rodrigues Leal à frente da coordenação do esquema de vacinação. "Assumi a pasta em um momento difícil da Covid, em que nossos leitos de UTI estavam com ocupação alta, inclusive em todo o Brasil e, graças à gestão do Dr Camargo, que teve como uma de suas primeiras ações de governo ampliar de 16 para 46 leitos, salvamos vidas. E a confiança dele em nosso trabalho na campanha de vacinação, que minha competente equipe organizou, recebeu muitos elogios desde que foi implementada e avançou significativamente, ao ponto que hoje estamos com mais de 90% da população jovem e adulta vacinada com a primeira dose e, felizmente, os índices de internação e mortes diminuíram. Nossa taxa de letalidade, aliás, é a menor da região do Alto Tietê", concluiu o secretário de Saúde.