Abelhas atacam no Barreto

Apesar do susto, todos estão bem. Enxame teria partido de um terreno ao lado da Secretaria de Saúde, moradores e funcionários da Prefeitura de Arujá foram atacados

Cidades Em 27/11/2021 00:19:56

Por Bruno Martins

Na tarde da última quarta-feira um enxame de abelhas atacou moradores no Pq. Rodrigo Barreto em Arujá. O fato ocorreu no momento em que era realizado uma limpeza em uma propriedade particular que fica ao lado da sede da Secretaria Municipal de Saúde. Profissionais da Prefeitura, além de moradores do bairro foram atacados por ferroadas, dentre eles, um homem de 70 anos que necessitou de internação. 

O incidente aconteceu na Rua Pedro Severino Martins, além de ser ao lado da secretaria de Saúde o terreno fica próximo a Unidade Básica de Saúde (UBS) do Barreto, pacientes que aguardavam atendimento na unidade também foram atacados. 

Um idoso de 70 anos, que estava na rua no momento do ocorrido, recebeu centenas de ataques das abelhas por todo o corpo. De acordo com testemunhas, ele ficou desacordado, o que o impossibilitou de se defender. O motociclista Marcio Bucke que passava pelo bairro tentou ajuda-lo a se livrar das abelhas, mas de acordo com ele a infestação era grande e pouco pode fazer.

“Vesti meu capacete e uma capa de chuva e fui para cima a fim de ajudá-lo a se livrar das ferroadas, mas não consegui fazer muita coisa, pois algumas entraram dentro do meu capacete. Meu sobrinho que estava comigo também tentou ajudar, mas ele estava de bermuda e camiseta e também acabou sendo picado”, explica.

A aflição dos moradores só foi acalmada quando profissionais do departamento de zoonoses e controle de vetores da secretaria de Saúde, com as devidas vestimentas, chegaram para prestar o socorro e ajudar as vítimas, em especial o idoso, mais atingido pelas ferroadas. 

A secretaria de Saúde informou que todos foram devidamente socorridos de acordo com a gravidade de cada um. No caso do idoso, o mesmo foi encaminhado para atendimento a uma unidade de saúde da cidade onde ficou em observação para ser medicado. Ele reagiu bem aos medicamentos, recebeu alta médica no dia seguinte e já está em casa aos cuidados da família. “Seguimos à disposição e estamos acompanhando de perto todos os envolvidos neste incidente”, finaliza a Secretaria.