terça-feira, junho 28, 2022
spot_img
InícioPolíticaMulheres são maioria entre eleitores em 2022

Mulheres são maioria entre eleitores em 2022

Dados do TSE apontam que mulheres de 45 a 59 anos e com ensino médio são maioria entre eleitores em 2022

Mulher com ensino médio e de 35 a 59 anos é o perfil da maior parte dos eleitores em 2022, que estão aptos a votar nestas eleições. Os dados são do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Com 52,8% dos eleitores, o público feminino também é maioria em quase todos os recortes, por região e escolaridade. Do total de eleitores, os homens correspondem a 47,1%.

Neste ano, 152,1 milhões de pessoas estão aptas a votar, 3,4% a mais em relação às eleições de 2018, quando eram 147,1 milhões de eleitores. O número representa um crescimento de 32,1% se comparado com os dados registrados há 20 anos. Desses, 136,5 milhões são obrigados a votar. Outros 15,5 milhões têm voto facultativo, adolescentes com 16 e 17 anos e idosos com mais de 70 anos.

O voto também é facultativo para os eleitores não alfabetizados. Para as eleições de 2022, declararam-se analfabetos mais de 5,6 milhões de pessoas, o correspondente a 3,7% dos eleitores. Um milhão de pessoas a menos do que o registrado nas eleições de 2018, quando 6,5 milhões disseram à Justiça Eleitoral que não sabiam ler e nem escrever. Segundo o TSE, há ainda 183 mil eleitores com erro nos cadastros.

Veja Também

Quando se trata do nível de instrução, as mulheres são a maioria entre os eleitores de nível superior completo: 60,8%, contra 39,1%. Entre os que têm nível superior incompleto, elas são 55,2% do total, enquanto que os homens representam 44,7%.

As mulheres também são maioria entre os eleitores com ensino médio completo: 56,1% a 43,8%. Os homens são a maior parte entre os eleitores com nível fundamental incompleto (50,6% a 49,2%) e pessoas sem escolaridade informada, mas que sabem ler e escrever (50,5% a 49,1%).

Fonte: Assessoria TSE

Bruno Martins
Bruno Martinshttps://jornalouvidor.com.br
Jornalista, curioso e sempre correndo atrás de boas histórias. Atuo no Ouvidor desde 2013, divido a redação com a paixão pelo rádio. Adoro pautas sociais e foi através de uma delas que certa vez fomos finalistas em um prêmio nacional de jornalismo no Rio de Janeiro em 2016. Sou o pai da Catarina, Ezequiel e do Joaquim, os três, frutos de um amor que vivo desde setembro de 2010.
RELATED ARTICLES
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Most Popular

Recent Comments

Érica Alcântara on Homero vira lenda
Érica Alcântara on Homero vira lenda
Érica Alcântara on Homero vira lenda
Ana Maria Monteiro da Silva on Homero vira lenda
Agenor Vallone on Homero vira lenda
Ana Paula Carrara on Homero vira lenda
José Francisco "Chiquinho" on Mais segurança em Arujá