Morre Homero José Vallone

Homero morreu aos 56 anos, após entrada na Santa Casa de Santa Isabel para onde foi transferido após passagem pela UPA da cidade. A causa da morte foi infarto

0
227
Homero José Vallone
Homero José Vallone, morreu neste domingo, aos 56 anos em Santa Isabel

Morreu no início da noite deste domingo na Santa Casa de Santa Isabel, Homero José Vallone, aos 56 anos.

Defensor da Cultura e um porta voz dela por onde passou, Homero Jose Vallone ocupou importantes cargos públicos em Santa Isabel e Igaratá. Foi um dos responsáveis por alavancar a Orquestra de Metais de Santa Isabel e promovê-la por diversos eventos e competições por onde passou.

No teatro, Homero participou da formação do Espetáculo da Paixão, sucesso em Santa Isabel e uma referência hoje na região. Ao lado do ator e diretor Emerson Bicudo, Homero saia na busca de recursos, patrocínios e demais investimentos a fim de que o espetáculo perdurasse até os dias de hoje.

Luto em Igaratá 

Morre o Delegado Titular de Igaratá Dr. Tális Prado Pinto

A prefeitura de Igaratá, na qual Homero era funcionário lotado na secretaria de Cultura e Turismo, publicou agora a noite uma nota de pesar, da qual comunica o falecimento do ex-servidor Homero José Vallone. Veja nota completa abaixo.

O Município de Igaratá, por meio de sua administração, funcionários, colegas e comunidade, expressa a sua solidariedade e envia os mais sinceros sentimentos à família e amigos. Que a paz divina console o coração de familiares e lhes dê serenidade para atravessar este momento de dor.
Fica nosso agradecimento pelo competente trabalho em sua jornada em Igaratá e nossa solidariedade à família.
Velório na Câmara
Homero será velado no Salão Nobre da Câmara Municipal de Santa Isabel, a partir das 8h desta segunda-feira, 06/06.
Homero José Vallone
Sempre que podia Homero marcava presença na redação do Ouvidor, onde viu no Jornal um parceiro para a divulgação de suas boas ações a frente da Cultura
O nome, foi escolhido pela avó, num segredo de família que Homero contou para poucos. E foi muito bom para nós do Ouvidor sermos um destes poucos. A família do Ouvidor lamenta profundamente essa perda, não somente para família e amigos, mas sobretudo para a cultura da nossa região.
Não há muito o que falar de Homero a não ser OBRIGADO!
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments