Moradores denunciam cobrança abusiva na conta de água

Consumidores relatam “aumento repentino” de mais de 1.000% em despesas de água e esgoto; Sabesp afirma que investiga caso a caso

conta de água
Dorival Russo mostra os boletos da leitura anterior e a atual. Ele é um dos moradores afetados pelo aumento das contas de água em janeiro. FOTO: Gustavo Vaquiani

“De um mês para outro, a conta saltou de R$86 para R$1.040” disse Dorival Russo, um dos moradores da Rua Osvaldo Cruz, Lanifício, que foram surpreendidos pela cobrança excessiva na conta de água no primeiro mês de 2024. Para Dorival, o aumento em sua tarifa é injustificável, uma vez que em sua casa mora apenas ele e a esposa.

Segundo o Morador, ao entrar em contato com a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), alertaram para um provável vazamento, mas a Companhia afirmou que o técnico da empresa não poderia comparecer ao local, devido a existência de três chamados “não atendidos” o que, segundo o morador, não aconteceu.

Assuntos semelhantes:

Russo também comentou que, como forma de “contornar o problema”, a empresa ofereceu parcelamento em até 10x na conta de água, com o aviso de que os valores poderiam continuar aumentando nos próximos meses: “Eles se limitam a dizer que dentro de uma propriedade a responsabilidade é do proprietário”, disse.

A reportagem entrou em contato com a Sabesp e relatou os casos apontados. A Companhia esteve nos endereços mencionados e realizou uma vistoria nos imóveis a fim de encontrar possíveis alterações ou eventuais vazamentos que possam ter originado ao consumo excessivo e posteriormente contribuído para a alteração no valor das contas.

A empresa acrescentou que, para evitar surpresas, o cliente pode acompanhar o seu consumo verificando periodicamente a leitura do hidrômetro e checando as instalações internas, caso identifique anormalidades de consumo: “A Sabesp sugere a realização de testes de vazamentos e, em casos solicitados, técnicos da Companhia podem auxiliar nessa investigação, por meio de vistoria predial”, disse.

Dorival Russo confirmou a visita da Sabesp a sua casa e que além de fazerem a troca do hidrômetro se comprometeram em avaliar sua fatura.

A Sabesp informou ainda que permanece à disposição dos usuários pelo telefone 0800 055 0195 (ligação gratuita), também pelo WhatsApp (11) 3388-8000 e pela Agência Virtual no site www.sabesp.com.br.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments