segunda-feira, junho 27, 2022
spot_img
InícioSaúdeInflamações de garganta mal curadas

Inflamações de garganta mal curadas

Especialista faz alerta sobre inflamações de garganta mal curadas

Médico otorrinolaringologista Dr. Thiago Resende

Uma dor de garganta mal curada, amidalite ou faringite, causada pela bactéria Streptococcus pyogenes pode causar a febre reumática, uma doença autoimune e inflamatória. De acordo com o otorrinolaringologista Thiago Resende, do hospital Santa Casa de Mauá, a bactéria ativa o sistema imunológico, que produz anticorpos para combater a infecção, mas que também pode destruir células saudáveis de diversos órgãos, como se fossem estranhas ao organismo.

Entre os principais sintomas estão dor e inchaço nas articulações, dor no peito, tosse, falta de ar, movimentos involuntários dos membros, manchas avermelhadas na pele, nódulos subcutâneos e fala arrastada.

O diagnóstico é feito por meio da avaliação clínica, exames de sangue, de cultura de material da orofaringe e pesquisa de anticorpos para identificar a bactéria. Caso exista o comprometimento das válvulas do coração, também será necessário um eletrocardiograma, ecocardiograma e raio-x de tórax.

O tratamento requer repouso e administração de medicamentos que combatam a bactéria, além de analgésicos. Se houver comprometimento cardíaco, o tratamento tende a ser mais agressivo, com a recomendação de injeções intramusculares de tempos em tempos.

“Todo tratamento feito com antibiótico precisa ser seguido à risca, tanto em relação à dosagem como ao período prescrito pelo médico, mesmo que não existam mais sintomas. Suspender os remédios antes do prazo previsto é o primeiro passo para complicações graves”, alerta o otorrinolaringologista Thiago Resende.

Bruno Martins
Bruno Martinshttps://jornalouvidor.com.br
Jornalista, curioso e sempre correndo atrás de boas histórias. Atuo no Ouvidor desde 2013, divido a redação com a paixão pelo rádio. Adoro pautas sociais e foi através de uma delas que certa vez fomos finalistas em um prêmio nacional de jornalismo no Rio de Janeiro em 2016. Sou o pai da Catarina, Ezequiel e do Joaquim, os três, frutos de um amor que vivo desde setembro de 2010.
RELATED ARTICLES
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Most Popular

Recent Comments

Érica Alcântara on Homero vira lenda
Érica Alcântara on Homero vira lenda
Érica Alcântara on Homero vira lenda
Ana Maria Monteiro da Silva on Homero vira lenda
Agenor Vallone on Homero vira lenda
Ana Paula Carrara on Homero vira lenda
José Francisco "Chiquinho" on Mais segurança em Arujá