quarta-feira, junho 29, 2022
spot_img
InícioCidadesIgaratáIgaratá vê filho consagrado à Igreja

Igaratá vê filho consagrado à Igreja

Católicos celebram o quarto padre nascido na cidade

A comunidade católica de Igaratá assistiu ontem à noite, pela primeira vez na Igreja Matriz de Nossa Senhora do Patrocínio, a ordenação sacerdotal de um filho da terra. Jonathan César Malta Natário nasceu em Igaratá há 32 anos e, depois de fazer os cursos básicos na E.E. Cel. Benedito Ramos Arantes e quase se formar em administração de empresas, optou pela vida religiosa.

Ele conta que desde os primeiros anos queria ser padre. Contudo, temendo a resistência da família se manteve em silêncio até que, questionado pela mãe, confessou sua vocação quando frequentava o último ano de administração em São José dos Campos.

Há 12 anos começou filosofia, um conhecimento que ele descobriu com a sua professora Érica Alcântara e a quem confessava o desejo de aprofundar-se nesses estudos. Ao terminar o curso de filosofia na cidade de Fartura, no interior de São Paulo, optando pela Ordem dos Padres Regulares, foi estudar teologia em Belo Horizonte onde recebeu suas primeiras ordens.

Igaratá se despede de Dr. Tális Prado Pinto

Jonathan explica que sua ordem, também conhecida como Padres Teatinos, tem como princípio “renovar, renovando-se”. – Foi fundada por São Caetano (1524), na mesma época de Lutero e também com uma visão crítica, só que não rompeu com a Igreja Católica. Tendo sido adotada pelo bispo de Chiete (Itália), passou a ser conhecida também por sua ligação com a cidade.

Ontem, finalmente, com o rosto colado no chão da Matriz de Nossa Senhora do Patrocínio em sua terra natal, Jonathan refletiu sobre a vida laica que deixou para trás e, sob o olhar emocionado da família e de toda a comunidade católica recebeu a ordem sacerdotal pela autoridade religiosa de D. Sérgio Aparecido Colombo, bispo de Bragança Paulista, convidado especialmente para ministrar a ordem maior ao amigo igarataense.

Padre Jonathan deve retornar a Belo Horizonte onde, segundo o costume da Ordem dos Teatinos, deve seguir trabalhando na cidade onde exerceu o diaconato, em Ribeirão da Neves. Dali seguirá cumprindo o rito de se aperfeiçoar e crescer no seu sacerdócio e na sua dedicação de acolher bem e cumprir a sua missão com dignidade.

Jonathan é o quarto igarataense ordenado padre, um deles é atualmente bispo de Limeira, Dom José Roberto Fortes Palau.

RELATED ARTICLES
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Most Popular

Recent Comments

Érica Alcântara on Homero vira lenda
Érica Alcântara on Homero vira lenda
Érica Alcântara on Homero vira lenda
Ana Maria Monteiro da Silva on Homero vira lenda
Agenor Vallone on Homero vira lenda
Ana Paula Carrara on Homero vira lenda
José Francisco "Chiquinho" on Mais segurança em Arujá