Há 34 anos

turismo
Roberto Drumond - Editor chefe do Jornal Ouvidor.

Estamos de parabéns hoje! Parabéns múltiplo. Além de um detalhe pessoal que celebro amanhã, comemoramos também o dia do Jornalista e o aniversário do jornal Ouvidor.

As duas primeiras celebrações são frutos do acaso: o dia em que nasci e o dia em que, em 1908, foi fundada a ABI (Associação Brasileira de Imprensa) órgão que desde então tem sido o baluarte na defesa das liberdades, em especial da imprensa e da opinião.

Foi notícia no Ouvidor

O aniversário do jornal ser nesse dia não foi por acaso. Foi estratégico. Foi uma opção pessoal para vincular ainda mais o meu trabalho à minha vida! Lecionava português e literatura no segundo grau e os estudantes questionavam a necessidade de aprender tanta coisa se, já sabiam falar e conversar conforme tinham aprendido em casa.

O jornalismo surgiu como um mecanismo de justificar o aprendizado. O primeiro exemplar de “O Coronel” falava da vida na escola, as brincadeiras, as fofocas e as reclamações. A tentativa de impor uma censura revoltou os professores que decidiram sair da escola e ganhar as ruas, nasceu assim O Ouvidor.

No segundo mês de circulação o grupo que deu origem à publicação decidiu expandir, incorporando Santa Isabel na distribuição e nas notícias. Um passo certeiro para aquele ano de 1990: recebemos amplo apoio da sociedade isabelense, um suporte que permitiu que passássemos a circular semanalmente e, desde então vamos evoluindo.

Se nas salas de aula já falávamos de internet, no jornal rapidamente tivemos de adotá-la. Fomos a primeira publicação da região a lançar um site. Adotamos as cores como uma característica de nossa publicação e, nos últimos anos, nossa mídia mais forte passou a ser as redes sociais e é nela que estamos caminhando.

Devagar a mídia tradicional, de papel, vai se acabando substituída pelos computadores, tabletes, celulares e nós vamos estar junto levando a nossos amigos, anunciantes e leitores a história de nossa região. Valorizando o que temos e registrando, para o futuro, as vitórias e os percalços dessa bonita história.

Agradeço eternamente à minha família que tem me dado todo apoio e a todos os parceiros que caminharam conosco ao longo desses 34 anos. Quero garantir-lhes que o mesmo espírito que nos mobilizou para criar o jornal continuará seja lá em que mídia for. Se o papel acabar escreveremos no tipo de vento em que a tecnologia vai nos permitir a leitura!

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments