Governo assina contrato de concessão do Trecho Norte do Rodoanel

Trecho que resta entre Arujá e São Paulo, deverá ser finalizado até 2026. Dentro de um mês haverá a assinatura do Termo de Transferência Inicial e prazos para a conclusão das obras

Trecho norte do Rodoanel
O governador Tarcísio de Freitas autorizou a assinatura do contrato de concessão do Rodoanel Norte, na modalidade parceria público-privada (PPP), após o leilão em março. Foto: Governo do Estado de SP

Na última quarta-feira, 09, o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas assinou o contrato de concessão do trecho norte do Rodoanel. As novas pistas permitirão maior fluidez de tráfego da região até a Capital Paulista, além do acesso a importantes serviços como o Aeroporto Internacional de Guarulhos, por exemplo. O novo trecho deverá ser entregue até 2026 e irá gerar mais de 15 mil empregos.

Veja Também

A empresa Via Appia FIP Infraestrutura, foi a ganhadora do certame realizado em março deste ano. A assinatura do contrato de concessão funcionará na modalidade Parceria Público Privada (PPP) e a Via Appia deverá finalizar, até 2026, as obras dos 44 km que restam do trecho norte. A empresa ainda irá operar o trecho concedido pelos próximos 31 anos.

De acordo com o governo do Estado, a concessionária terá até um ano para elaborar projeto de engenharia revisado para dar continuidade às obras, que está orçada em R$ 3,4 bilhões. “É um momento importante e finalmente damos os próximos passos para cumprir um compromisso que é a conclusão do Rodoanel que, com certeza, vai atender muito ao estado de São Paulo. É um empreendimento extremamente importante e relevante e que vai mobilizar muito capital, investimentos, obras e gerar muito emprego. Mas, sobretudo, vai facilitar muito a logística nos próximos anos”, afirmou o governador Tarcísio.

Com 44 quilômetros de extensão no eixo principal, o Trecho Norte do Rodoanel terá três ou quatro faixas de rolamento por sentido, e passará pelos municípios de São Paulo, Arujá e Guarulhos. Dentre as melhorias previstas estão a construção de sete túneis duplos, 107 obras de arte especiais, quatro paradas para cargas especiais, duas bases do Serviço de Atendimento aos Usuários (SAU), dois Postos Gerais de Fiscalização (PGF), duas balanças de pesagem, câmeras de monitoramento, além de veículos operacionais (ambulâncias, guinchos, caminhão pipa e inspeção de tráfego). As obras devem gerar 15 mil empregos.

“O trecho norte do Rodoanel é um pleito antigo de Arujá, que será beneficiada com maior escoamento de produção pelo anel viário, maior fluidez no tráfego e agilidade no acesso ao nosso município. Mas além de nossa cidade, toda região será impactada positivamente”, disse o prefeito de Arujá, Dr. Luis Camargo.

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), deputado André do Prado ressaltou a importância da conclusão do trecho Norte do Rodoanel para o Alto Tietê “Agradeço ao governador Tarcísio de Freitas pela sua sensibilidade e compromisso com essa demanda antiga e urgente da nossa região. Ao lado do deputado federal Marcio Alvino, tenho batalhado por esse projeto, desde o início do meu mandato e fico muito feliz em ver que ele está se tornando realidade. O Rodoanel Norte vai trazer mais desenvolvimento, mobilidade e qualidade de vida para os moradores do Alto Tietê e de toda a Grande São Paulo”, concluiu.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments