Início Saúde Gatos podem esconder doenças; Saiba como identificar

Gatos podem esconder doenças; Saiba como identificar

s felinos ainda possuem instintos da época que vivam de forma selvagem. Um desses instintos é justamente esconder sinais de dores e doenças. Foto: Divulgação

Ficar atento a qualquer mudança de comportamento é essencial para descobrir possíveis doenças em gatos 

Há mais de 10 mil anos que os gatos foram domesticados pelos humanos, contudo, mesmo com tanto tempo, os felinos ainda possuem instintos da época que vivam de forma selvagem e precisavam se proteger de predadores. Um desses instintos é justamente esconder sinais de dores e doenças para não se mostrar vulnerável.

Segundo a Médica Veterinária Cleusa Deiró, este comportamento serve para enganar os seus predadores e fazer com que eles desistam, mesmo em um ambiente que não tenha predador, como dentro de casa. Logo, como identificar sinal de dor ou doença se o animal tenta escondê-lo? Para a especialista, a dica é ficar atento a qualquer mudança no comportamento do animal.

“Tudo que fugir da rotina normal daquele gatinho pode ser um sinal de alerta. Então, por exemplo, um animal que costumava comer muito e do nada passa a comer menos, ou espaçar mais a alimentação ou até parar de comer. Isso é um sinal que merece cautela e atenção”, exemplifica Cleusa Deiró, que também é professora do Centro Universitário UniFTC Salvador.

Além da alimentação, outros sinais podem ser percebidos como “estranhos” e os tutores devem ficar atentos. Entre eles: alteração de comportamento, dificuldade para urinar, movimentar-se, sensibilidade ao toque e falta de higiene.

Veja Também

Ração para Pets deve ficar ainda mais cara

Confira cinco dicas para conservar seu sofá

“É mentira que falta ração no canil”, afirma secretária

Fazer um diagnóstico 

Ao observar qualquer um destes sinais, a especialista recomenda que se procure imediatamente um Médico Veterinário de confiança. “Quanto mais tempo demora para perceber que o gato está doente, pior pode ser o tratamento e, a depender do caso, pode levar a morte do animal”, pontua Cleusa Deiró.

A Médica Veterinária destaca também a importância do profissional ser capacitado para atender e identificar possíveis doenças em felinos, principalmente por eles esconderem os sintomas.

Jornalista, curioso e sempre correndo atrás de boas histórias. Atuo no Ouvidor desde 2013, divido a redação com a paixão pelo rádio. Adoro pautas sociais e foi através de uma delas que certa vez fomos finalistas em um prêmio nacional de jornalismo no Rio de Janeiro em 2016. Sou o pai da Catarina, Ezequiel e do Joaquim, os três, frutos de um amor que vivo desde setembro de 2010.
Se inscrever
Notificar de
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
wpDiscuz
Sair da versão mobile