Enchentes aumentam ataques por aranhas

Enchentes provocam o aumento nos casos de picadas de aranha e a transmissão de doenças infecciosas

Luís Jimenez

Na última quinta-feira, (02/03), o médico e diretor Clínico da UPA de Santa Isabel, Dr. Luís Jimenez contou no programa “De Frente com Ouvidor”, que aumentou a ocorrência de picadas de aranhas na cidade.

Veja Também

Dr. Luís Jimenez relatou que somente nos primeiros meses do ano, foram mais de 50 casos de pessoas picadas por aranhas na cidade e que em média de 3 a 4 pessoas por dia procuram atendimentos na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) após serem picados. “O aumento das chuvas e de locais com acúmulo de água contaminada têm colaborado para que os aracnídeos virem hospedeiros em residências e sejam encontrados com mais frequências em quintais ou lugares com grande acúmulo de entulho”, explicou.

Os casos atendidos na UPA não foram graves, mas servem de alerta para que haja uma vistoria minuciosa em locais próximos a enchentes: “Em casos de picada, orienta-se que se lave o local com água e sabão, deixe o local da picada exposto e procure um centro de atendimento médico mais próximo para que assim seja medicado de acordo com o diagnóstico médico”, finaliza.

O médico ainda falou sobre outras doenças mais comuns nessa época do ano como Dengue, Hepatite entre outras. Para conferir a entrevista completa, basta acessar nosso canal do youtube @jornalouvidoroficial.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments