Crescem os números de roubos furtos de carros em Santa Isabel

Roubos de veículos cresceram 200% na cidade. Os números levam em consideração os meses de janeiro a julho deste ano com o mesmo período do ano passado

roubo de veículos
Um dos roubos que agitou Santa Isabel neste ano, ocorreu em julho, quando uma dupla foi detida em flagrante pela Polícia Militar após tentar roubar uma loja no centro da cidade.

Os dados da Secretaria de Segurança Pública (SSP) indicam que Santa Isabel apresentou uma alta de 200% no roubo de veículos ocorridos na cidade entre janeiro e julho deste ano, em comparação com o mesmo período do ano passado. Ao todo, o índice desta ocorrência passou de 11, para 33 casos. Crimes desta natureza também apresentaram ligeira alta nas vizinhas Arujá e Igaratá.

Veja Também

As cidades da região apresentaram controle e até mesmo redução nos crimes relacionados a homicídios, tentativa de homicídios e estupro por exemplo, mas crimes contra o patrimônio seguem crescendo.

Em Santa Isabel além do roubo de veículos a cidade também apresentou alta de 24% nos furtos de veículos, foram 21 casos em 2022, contra 26 neste ano. Nos crimes de roubo em geral, o aumento foi de 63%. Foram 47 casos em 2023 contra 29 no ano passado. A cidade também registrou alta nos crimes de estupro, saindo de seis casos em 2022, para oito em 2023.

Ainda na região, Arujá registrou um aumento de 9,52% nos furtos, foram 378 em 2022, contra 414 em 2023. A mesma alta também sentida nos crimes de furtos de veículos, que saiu de 87 para 96 casos no período avaliado.

Enquanto isso em Igaratá destaque também para os furtos de veículos que apresentaram aumento de 80% nos indicadores. A cidade contabilizou cinco casos de janeiro a julho de 2022, mas neste ano já foram nove casos registrados.

Nos crimes de estupro, por exemplo, Arujá, caiu de 16 nos sete primeiros meses de 2022, para 12, no mesmo período deste ano. Já Igaratá manteve a somatória dos mesmos quatro casos registrados no ano passado.

Igaratá apresentou ligeira redução nos indicadores de roubos e furtos em geral e roubos de veículos. Arujá teve redução também nos casos de roubo, foram 147 registros entre janeiro e julho do ano passado enquanto neste ano a cidade contabilizou 134 ocorrências.

O Capitão da Polícia Militar de Arujá e Santa Isabel, Anderson Pelegrine ressalta que os números da SSP apresentam a realidade dos fatos, mas nada que de acordo com ele, esteja fora do controle das forças de segurança: “Embora os números possam assustar, quando visualizados de maneira isolada, é preciso avaliar todo o contexto em que seu deu cada uma das ocorrências. O padrão da SSP computa tudo, inclusive os flagrantes e mesmo tenhamos esse aumento no roubo de carros, muitos destes casos tiveram solução imediata, no qual o autor foi detido e preso, o problema é que o roubo existiu e, mesmo que solucionado, não deixará de ser computado”, disse.

Pelegrine ressalta ainda que a reativação de importantes serviços como a Rocam (Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas) e aprovação recente na Câmara da atividade delegada em Santa Isabel, além da implantação do sistema muralha e a instalação de novas câmeras de segurança, devem ajudar o município a sentir, em curto período de tempo, a melhora destes indicadores.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments