Como evitar a candidíase no verão

Médico ginecologista alerta para os riscos de doenças intimas, para o público feminino, muito comuns no verão entre elas a candidíase

Dr. César Patez fala sobre a importância dos cuidados íntimos para evitar doenças como a candidíase

Sol, praia, mar, piscina e muito cuidado, sempre! Afinal, durante o verão as mulheres precisam dar uma atenção especial para a saúde íntima, pois é nessa época do ano, que podem aumentar os riscos de doenças entre elas a candidíase, alerta o ginecologista Dr. César Patez.

Veja Também

“É importante evitar roupas muito justas, como shorts jeans ou calcinhas e biquínis muito apertados, já que eles abafam a região íntima e podem promover o desequilíbrio da flora genital natural, aumentando os riscos de candidíase. Prefira roupas leves e confortáveis, principalmente em dias quentes”, diz Dr. César. É porque é justamente nessa época que a área íntima da mulher está mais suscetível a fungos e bactérias.

Inclusive, um dos problemas muito comuns no verão é a candidíase, que é uma infecção, nas partes íntimas, causada por um fungo. “Nessa época há o aumento da transpiração e da utilização recorrente de maiôs ou biquínis por longos períodos. Por isso faz com que essa estação seja a mais favorável para o desenvolvimento da candidíase vaginal”, explica o ginecologista.

Mas existem várias formas de evitar a candidíase, como se alimentar melhor. De acordo com o Dr. César, vegetais folhosos, como optar por frutas vermelhas, sementes de abóbora, salsinha, coco, entre outros. “Além disso, lavar bem as partes íntimas, a calcinha e não usar roupas molhadas também ajudam a evitar que o corpo fique suscetível a isso”, finaliza.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments