Cidades representam região no Revelando SP

Evento acontece de 20 a 24 de julho e conta com manifestações artísticas regionais como dança, música, artesanato e gastronomia. Texto: Comunicação/Cultura-SP

0
56
Revelando SP
Evento acontece de 20 a 24 de julho e conta com manifestações artísticas regionais como dança, música, artesanato e gastronomia

O projeto Revelando SP acaba de anunciar os 280 participantes da edição deste ano. Lançado em 1997, o Revelando SP tem por objetivo fomentar as tradições culturais que ajudam a contar parte da nossa história por meio de manifestações artísticas, como artesanato, música, dança e gastronomia.

O evento, que este ano volta ao formato presencial, será realizado de 20 a 24 de julho, no Parque da Água Branca, na capital paulista. Arujá, Guararema e Santa Isabel estão entre as cidades selecionadas a comparecer no evento.

Veja a lista completa das cidades selecionadas para participar do Revelando SP

A ação faz parte do #JuntosPelaCultura, programa de difusão cultural ligado à Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo de São Paulo e gerido pela organização social Amigos da Arte. Este ano, R$ 6 milhões serão investidos no programa. A expectativa do #JuntosPelaCultura é de um impacto econômico de R$ 71 milhões com geração de empregos diretos e indiretos.

”A cultura é um dos principais ativos de São Paulo. Gera 3,9% do PIB estadual e um milhão e meio de empregos diretos. Tem alto impacto na geração de inclusão e desenvolvimento e um vasto potencial de crescimento. É por isso que o Governo de São Paulo tem o maior conjunto de programas de fomento à cultura do Brasil em nível estadual e, mais uma vez, com um valor recorde.

O valor de 2022 representa 4 vezes o que foi investido no ano passado, quando tivemos 12 chamadas públicas e R$10,64 milhões em recursos. Este ano o impacto econômico do programa está previsto em R$71 milhões, contra R$17,2 milhões de 2021”, afirma o secretário de Cultura e Economia Criativa Sérgio de Sá Leitão.

“Mais uma vez a Secretaria de Cultura do governo de São Paulo aposta no setor com uma política cultural que vai muito além de financiar projetos, o #JuntosPelaCultura tem um valor intrínseco de gerar oportunidades para o desenvolvimento de parcerias entre governo, municípios, organizações e artistas”, afirma Danielle Nigromonte, diretora-geral da Amigos da Arte.

Veja Também

Juntos Pela Cultura

O programa visa fomentar a produção, ampliar o acesso à arte e à cultura e, de forma simplificada, articular o estado, prefeituras e segmentos artísticos para a realização de ações culturais, eventos e atividades da economia criativa. Por meio de chamadas públicas, o Juntos Pela Cultura viabiliza parcerias para a execução dos principais programas de difusão cultural paulistas, com gestão da Amigos da Arte.

Desde 2019, o programa já contou com o lançamento de 25 chamadas públicas para municípios, para artistas e para organizações, com mais de quatro mil propostas inscritas. As seleções foram realizadas por júris especializados e comissões com maioria da sociedade civil, resultando em 1.977 projetos selecionados. Desses, 1.256 oriundos de prefeituras e 721 projetos de artistas, produtores culturais e organizações.

Amigos da Arte

A Amigos da Arte, Organização Social de Cultura responsável pela gestão do Teatro Sérgio Cardoso, Teatro Sérgio Cardoso Digital e Teatro de Araras, além da plataforma de streaming e vídeo por demanda #CulturaEmCasa, trabalha em parceria com o Governo do Estado de São Paulo e a iniciativa privada desde 2004.

Música, literatura, dança, teatro, circo e atividades de artes integradas fazem parte da atuação da Amigos da Arte, que tem como objetivo fomentar a produção cultural por meio de festivais, programas continuados e da gestão de equipamentos culturais públicos. Em seus mais de 17 anos de atuação, a Organização desenvolveu cerca de 60 mil ações que impactaram mais de 30 milhões de pessoas.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments