Camargo entregou pedidos ao governador Rodrigo Garcia na última quarta-feira, 20, em Mogi das Cruzes.

Em evento ocorrido nesta semana em Mogi das Cruzes, que contou com a participação do governador de São Paulo, Rodrigo Garcia, o prefeito de Arujá Dr. Luís Camargo aproveitou o momento para solicitar a desburocratização de licenças ambientais estaduais que estão travando a construção do novo Hospital Municipal de Arujá.

As autorizações que faltam ainda estão passando por análises da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb). O Hospital Municipal de Arujá foi uma das primeiras ações tomadas por Camargo assim que assumiu o cargo de prefeito. Ainda em janeiro do ano passado, ele assinou a ordem de serviço, 001/2021, para a contratação imediata de empresa responsável pela elaboração do projeto executivo e estudos de impactos ambientais a fim de viabilizar os trâmites necessários para a construção da nova unidade de saúde.

Em dezembro do ano passado, a Prefeitura formalizou o pedido à Cetesb de licença prévia para dar início à. Já em janeiro, a Companhia pontuou falhas no projeto e solicitou ao município complementações técnicas que só foram entregues pela prefeitura cinco meses depois, no último dia 02 de junho.

De acordo com a administração municipal, a demora se deu, pois, para as complementações técnicas, a prefeitura precisou contratar uma empresa especializada: “Assim que todo o processo foi realizado as respostas foram prontamente entregues a Cetesb”, afirmou.

A Prefeitura ainda aguarda um parecer técnico do Estado com relação ao projeto, por isso, aproveitando a presença do governador na visita ao Ambulatório Médico de Especialidades (AME) de Mogi das Cruzes e do secretário Estadual de Saúde, Jean Gorinchteyn, Camargo pediu celeridade nas licenças.

A construção do hospital de Arujá deve ser concluída em até três anos, e terá um custo estimado entre 55 e 60 milhões de reais. A liberação da Cetesb é necessária para que o município consiga receber parte destes recursos junto ao Ministério da Saúde. Outra parte deve ser completada por meio de emendas parlamentares e recursos próprios.
Em nota a secretaria de Saúde de Arujá informou que espera dar início às obras ainda este ano.

Estado promete recursos para o Pró-Criança

Atendendo a um outro pedido do Prefeito Camargo, Rodrigo Garcia prometeu ainda o envio de recursos para que o município possa equipar a sua futura unidade do Pró-Criança. O Pronto Socorro infantil arujaense será construído por meio de emendas parlamentares anunciadas pelo deputado Federal Marco Bertaiolli (PSD).

“Entregamos ao governador o pedido de R$3 milhões que devem nos ajudar na montagem da infraestrutura e equipamentos de nossa futura unidade pediátrica. Fiquei feliz que o governador tenha demonstrado sensibilidade as nossas demandas e colocando-se à disposição para nos ajudar”, concluiu Camargo.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments