Alunos desenvolvem repelente de baixo custo contra mosquito da dengue

Objetivo não é vender produto, mas contribuir no combate, além de aumentar o engajamento nas aulas de Química do Ensino Médio

Produto é composto por ingredientes como água destilada, glicerina e vitaminas do complexo B. Foto: Assessoria Governo do Estado

Nas Escolas Técnicas Estaduais (Etecs), os trabalhos interdisciplinares fazem parte do cotidiano e incrementam o aprendizado. Exemplo disso é o projeto de creme hidratante repelente de insetos, incluindo o Aedes Aegypti, desenvolvido por alunos de diferentes cursos do Ensino Médio Integrado ao Técnico da Etec Antônio Furlan, de Barueri.

Foi notícia no Ouvidor

“Considerando a preocupação geral com a epidemia de dengue, foi proposta a fabricação e a divulgação de um creme hidratante e repelente de baixo custo. A iniciativa representou uma oportunidade muito rica de integração entre disciplinas, classes e cursos”, conta o diretor Uilson Nunes.

Os estudantes do Ensino Médio Integrado ao Técnico em Contabilidade e Administração levantaram os custos relacionados à produção, enquanto a turma do Ensino Médio Integrado ao Técnico em Informática para Internet fez a criação do material gráfico e a divulgação nas redes sociais. Os alunos do Ensino Médio Integrado ao Técnico em Recursos Humanos cuidaram da divulgação dos cuidados na prevenção da dengue nas empresas.

O desenvolvimento do produto foi feito no Laboratório de Química, sob os cuidados da professora Eugênia Hashiguchi, que ministra a disciplina para os cursos. “Testamos duas fórmulas simples, já disponíveis em sites de internet. Utilizamos ingredientes de fácil disponibilidade e baixo custo, como água destilada, glicerina e vitaminas do complexo B”, explica.

O objetivo não é vender o produto, mas contribuir no combate à dengue na região, além de aumentar o engajamento nas aulas de Química do Ensino Médio. E está funcionando. “Os alunos adoraram. Todas as turmas participaram com empenho e ainda se comprometeram a combater a dengue, que está tão perigosa neste momento”, conclui a professora.

Se inscrever
Notificar de
guest
2 Comentários
Mais antigo
O mais novo Mais votados
Inline Feedbacks
View all comments
Ricardo
Ricardo
1 mês atrás

cadê a receita

Bruno Martins
Admin
1 mês atrás
Reply to  Ricardo

Também estamos aguardando Ricardo, mas com certeza vai citronela kkkk> Valeu por nos acompanhar!!!