quarta-feira, junho 29, 2022
spot_img
InícioLifestyleViagem10 Dicas para seu primeiro intercâmbio

10 Dicas para seu primeiro intercâmbio

Planejando estudar no exterior? Confira as dicas para te ajudar a se planejar em seu primeiro intercâmbio!

De repente você se dá conta de que adora viajar e gosta de estudar idiomas. Então, por que não unir o útil ao agradável fazendo seu primeiro intercâmbio? Essa é uma das melhores maneiras de aprender uma língua estrangeira, mesmo se hoje você só sabe algumas palavras e frases simples.

Não importa sua idade, existe um intercâmbio perfeito para você, seja para ficar fluente na língua que você já aprendeu, trabalhar como babá, se preparar para um exame de proficiência, ou se especializar na sua área de atuação. Para fazer seu primeiro intercâmbio, é preciso se planejar direito, garantindo uma experiência incrível em sua estadia no exterior.

“O sonho de muita gente é um dia poder ir para outro país, vivenciar a experiência de um intercâmbio. Aprender um novo idioma em escolas de excelência, conhecer os melhores destinos do mundo, conciliar estudo e trabalho, dar um upgrade no currículo. São vários os motivos que podem levar uma pessoa a querer fazê-lo. Investir é fundamental para que esse intercâmbio se torne logo uma realidade. Mas, para que seja perfeito, você deve pensar e organizar muitas coisas, como por exemplo a passagem aérea e a hospedagem. Portanto, para que tudo aconteça do jeito que você sempre imaginou, a regra é simples: faça um planejamento.” – comenta o diretor da Eagle Brasil, Claudio Cantamessa.

Quando queremos fazer alguma coisa diferente daquilo que estamos acostumados, algo que foge da nossa rotina, é normal ficarmos ansiosos, preocupados e até mesmo com medo. E isso também acontece, na grande maioria das vezes, com quem planeja fazer um intercâmbio.

“Às vezes o estudante nunca saiu do Brasil (e mesmo se saiu, sempre será uma experiência nova), ele não sabe o que poderá acontecer. E se ele não conhecer ninguém? E se o cartão de crédito não funcionar? E se não conseguir comprar comida? Quantas coisas podem ocorrer, não é verdade? Por isso é sempre bom ter o auxílio de uma agência de intercâmbio. Aqui na Eagle, ajudamos os nossos intercambistas com qualquer tipo de dúvida ou questão que possa surgir ao longo do intercâmbio”, explica Claudio Cantamessa.

Abaixo seguem algumas dicas muito importantes para quem pensa em ter a experiência do intercâmbio pela primeira vez, confira!

1- Escolha o lugar ideal e pesquise tudo o que puder antes da viagem: pense bem no objetivo que você quer alcançar com seu primeiro intercâmbio, para depois escolher o lugar mais adequado às suas expectativas, e também ao seu bolso. Pesquise sobre a cultura do país de destino; o estilo e o custo de vida da cidade em que você vai ficar; como é o bairro e o que tem nos arredores; procure saber sobre o clima; informe-se sobre o transporte público, e se você dirige, como são as leis de trânsito e se sua carteira de motorista é válida.

2- Que tipo de intercâmbio você procura: os cursos de idioma são os mais procurados, tanto para os níveis básico e intermediário, como para o avançado. Veja em qual você se encaixa para ter um bom aproveitamento. Fazer um ano no high school é uma opção para aqueles que ainda cursam o ensino médio no Brasil, desde que você tenha algum conhecimento do idioma escolhido, para não se prejudicar nas matérias básicas. Para quem está se preparando para um exame de proficiência com certificado internacional o intercâmbio é um grande aliado. Muitos preferem fazer um curso de graduação ou uma pós, para crescer na carreira profissional. E há quem queira trabalhar e estudar.

3 – Documentos e visto: agora é hora de preparar os documentos para a viagem. O mais importante de todos é o passaporte, que deve ter bom estado de conservação, com data de validade que cubra todo o período do intercâmbio. Com o passaporte, você anda sem problemas no exterior, mas há lugares que exigem também outro tipo de documento.

4 – Acomodações: a acomodação mais apropriada para cada pessoa vai depender do intercâmbio escolhido. Ao morar com uma família é preciso se adequar aos hábitos dela, para assim viver uma verdadeira imersão cultural. Em alguns países há colégios internos para estudantes de high school; os universitários podem dividir alojamentos com outros estudantes ou, se preferirem privacidade, é possível alugar um imóvel.

 5 – Cuidados com a saúde: quando chegar ao destino, dê um tempo para seu corpo se adaptar ao novo fuso horário antes de começar as atividades. Quem toma remédios de uso contínuo e controlado deve levar a receita médica e a quantidade necessária para todo o período de intercâmbio, e verificar se o medicamento é permitido naquele lugar.

6 – Dinheiro: leve sempre uma quantia em espécie, com algumas notas de valor baixo e também moedas, que são muito usadas no exterior. Não se esqueça do cartão de crédito e débito internacional para fazer saques e compras, procure as redes bancárias mais próximas de sua moradia.

7 – Economize nas despesas: é uma tentação estar em outro país, dá vontade de fazer tudo, desde comer no melhor restaurante até comprar presentes para todos os amigos e parentes. Mas, controle-se. Você mesmo pode lavar suas roupas básicas e cozinhar uma refeição deliciosa com compras feitas no supermercado. Vá a todos os programas gratuitos e informe-se sobre os bilhetes econômicos ou descontos especiais para estudantes no transporte público.

8 – Aproveite seu tempo livre: tente aproveitar ao máximo o tempo de sua viagem e esteja aberto a novas experiências. Faça programas culturais, vá ao teatro, cinema, e não fique só em casa descansando depois da aula.

9 – Fazendo as malas: não exagere na bagagem para não pagar taxa pelo excesso de peso. Leve as roupas mais práticas e versáteis. Se for para um lugar muito frio, deixe para comprar roupas e calçados apropriados quando chegar lá. E não se esqueça de levar na bagagem de mão itens essenciais para qualquer eventualidade: nécessaire, remédios, uma troca de roupa, carregadores de celular, seu dinheiro em espécie e seus documentos.

10 – Deixe sua vida organizada para a volta: já pensou na volta do intercâmbio? Melhor deixar sua vida no Brasil organizada antes da partida, para chegar tranquilo e matar as saudades da família, dos amigos e dos lugares que você frequentava. Deixe alguém responsável por suas correspondências e por tudo que não puder ser resolvido pela internet durante o período da viagem, e mantenha-se informado (a). Fazer intercâmbio é estar aberto (a) a tudo o que o mundo oferece, trazendo enriquecimento em todos os aspectos da vida e fazendo de você uma pessoa mais confiante e independente.

 

Sobre: A Eagle intercâmbio é uma startup localizada no Vale do Silício (Califórnia), sendo a primeira agência de intercâmbio feita totalmente por brasileiros na região.

Érica Alcântara
Érica Alcântarahttps://jornalouvidor.com.br
Jornalista, escritora e poeta, Érica Alcântara se formou em Filosofia pela Universidade Federal de Ouro Preto, Bacharelado e Licenciatura e há mais de 10 anos atua como repórter do Jornal Ouvidor
RELATED ARTICLES
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Most Popular

Recent Comments

Érica Alcântara on Homero vira lenda
Érica Alcântara on Homero vira lenda
Érica Alcântara on Homero vira lenda
Ana Maria Monteiro da Silva on Homero vira lenda
Agenor Vallone on Homero vira lenda
Ana Paula Carrara on Homero vira lenda
José Francisco "Chiquinho" on Mais segurança em Arujá