Vereador denuncia escola abandonada

Crianças de 2 aos 10 anos estudam num espaço em condições precárias, prefeitura promete reparos

Educação Em 23/06/2017 22:53:59

Reportagem: Gabriel Dias

Na Rua Três Fronteiras, em Arujá, está localizado o prédio do Centro Municipal de Educação Infantil, CMEI – São Bento. Cerca de 130 crianças estão matriculadas na escola que padece de manutenção.

Um dos pais da escola reclama que há armadilhas ocultas pelas salas, corredores, cozinha, banheiros e áreas comuns. Vidros quebrados nas portas e janelas; infiltração no telhado e nas paredes; banheiros sem portas e o muro da unidade quebrado há anos. “A caixa d’água não recebe higiene há três anos”, afirma uma pessoa que tem medo de se identificar.

O vereador Pastor Edimar de Jesus fez uma vistoria no local e reclamou da precariedade na tribuna. “Há cerca de dois anos os banheiros da escola não têm portas e o espaço não é dedetizado”.

Em nota, a secretaria de Educação informa que está em fase final o processo licitatório que visa contratar uma empresa para a realização de reparos em todas as 39 unidades escolares do município. “A previsão é de que em cerca de dois anos todas as escolas estejam completamente restauradas”, destaca.

 

Após a reclamação do vereador, a prefeitura instalou já terça-feira, 20/06, as portas que faltavam nos banheiros. Assista no canal do youtube do Jornal Ouvidor a reportagem realizada na escola com a presença do vereador Edimar.