Veneno mata vários no Eldorado

Pelo menos nove animais foram mortos por envenenamento no Bairro Jd. Eldorado, “até as formigas que atacaram os corpos dos pardais morreram no caminho para o formigueiro”

Segurança Pública Em 24/01/2020 22:56:23

Até quinta-feira, dia 23/01, a família de Vilma Maria tinha sido a mais atingida pelo assassinato de animais, ocorrido na Rua Odival Margarido dos Santos, no Bairro Jd. Eldorado, em Santa Isabel. O filhote da casa e o cachorro mais velho não resistiram a ação de um veneno desconhecido. Ambos morreram, mesmo depois de Vilma preparar o carvão ativado, uma espécie de antídoto contra envenenamento.

Até as pombas e pardais que se aventuraram em ciscar alimento pelas lixeiras da rua morreram, seus corpos ficaram rígidos pela contração muscular causada pela dor do veneno. Os moradores ficaram assustados, suspeitam que o criminoso tentou matar um cavalo que vive solto no bairro, destruindo sacos de lixo, mesmo nas lixeiras mais altas.

“Assistimos os animais morrerem agonizando, sem chance de salvar qualquer um que tenha tido contato com o veneno. Contabilizamos sete gatos, entre eles, o meu que amanheceu duro na garagem”, Camila que acionou o Jornal Ouvidor pelo WhatsApp (11) 98904-6228.

Outra preocupação dos moradores é com o eminente risco contra a vida de crianças que circulam nesta área e os coletores de material reciclável que mexem nos sacos de lixo.

A Zoonoses do município foi acionada, recolheu os corpos dos animais e ofereceu orientação aos moradores. Vilma também registrou Boletim de Ocorrência e convidou os demais vizinhos para fazerem o mesmo, caso percam seus animais. “O perigo é para todos”, destaca. 

Matar cachorro, ou qualquer outro animal, é crime

Não importa se o animal é doméstico, domesticado, silvestre, nativo ou exótico. O artigo 32 da Lei dos Crimes Ambientais, de 1998, prevê detenção de três meses a um ano, além de multa, para quem “praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar” qualquer tipo de animal. Se houver a morte do bichinho, a pena aumenta até um terço.