Trinta anos de história

por Roberto Drumond

Crônicas Em 04/04/2020 00:27:50

Na próxima terça-feira nosso jornal celebra 30 anos de circulação. Pretendia fazer uma edição diferenciada, mas as limitações impostas pela pandemia do Coronavírus abateram uma parte de nossas propostas, mas certamente teremos condições de comemorar mais tarde: até os 31 temos um ano pela frente: em qualquer momento nossos 30 podem ser comemorados.

E vamos comemorar mesmo porque foram 30 de muito pioneirismo. Começamos com um jornal que era totalmente artesanal, recortes de papel colado sobre uma folha do tamanho da página do tablóide, colados um a um com a precisão de uma régua (vendo hoje, não era tão preciso assim!), mas foi um pioneirismo, porque até então os jornais que existiam na época eram de folhas grandes, chamados standard. Tivemos a ousadia de fazer diferente.

Tempos depois voltamos a ousar: fomos o primeiro jornal da região a adotar cores. Inicialmente duas ou três cores, mais tarde uma ou outra página totalmente colorida até chegarmos às edições totalmente coloridas.

Com o advento da internet fomos também o primeiro jornal a possuir um site. Começamos a usar a tecnologia a nosso favor e continuamos, até hoje, a alimentar nosso site com a informação responsável, apurada e redigida com esmero. Tudo isso não é somente porque gostamos do que fazemos, mas e principalmente em respeito a nossos leitores e a nossos parceiros, os anunciantes que garantem a nossa edição semanal.

E não vamos parar com as nossas ousadias. Quem nos acompanha sabe que temos uma edição diária nas redes sociais. Seja no Instagram, no Facebook ou no site, diariamente alimentamos nossos leitores com tudo o que apuramos na região que nos propusemos atender. Vamos continuar porque o desenvolvimento das tecnologias não para e nós sabemos que é através delas que o futuro vai chegar e estaremos, novamente na frente, seguindo a nossa vocação pioneira de registrar a história de nossas cidades, de nossa região.

Dificuldades tivemos, temos e teremos. O futuro é insondável, mas é previsível quando se pretende executar o trabalho com a certeza de estar fazendo o melhor. E muitas mudanças vão acontecer nesses próximos anos e continuamos nos preparando para elas.

Por enquanto estamos cumprindo as determinações das autoridades sanitárias que nos atrelaram à nossas casas. Nossa pequena equipe que está indo às ruas está sobrecarregada, mas defendendo com a mesma dedicação que cultivamos ao longo dos últimos 30 anos, o prestígio que conquistamos. E conquistamos especialmente porque respeitamos os nossos leitores, respeitamos você que nos lê, nos indica e reconhece a força de nosso trabalho. Essa alegria dos 30 anos é de todos nós! Comemore conosco e fique em casa!