Tribunal cancela audiência

Prefeito tentaria o parcelamento do pagamento dos precatórios de dívidas contraídas na administração do prefeito Elzo de Souza.

Cidades Em 27/03/2020 22:45:23

Prefeito tentaria o parcelamento do pagamento dos precatórios de dívidas contraídas na administração do prefeito Elzo de Souza. 

Em conseqüência das medidas necessária à contenção da covid-19, a audiência junto ao Tribunal da Justiça do Trabalho que buscaria uma solução parcelada para o pagamento de um precatório referente a uma dívida com um médico, foi cancelada.

O prefeito Celso Palau tinha em sua agenda a audiência proposta para a última quinta-feira, dia 26 de março, contudo o encontro foi adiado. A proposta que seria debatida era o parcelamento de R$4.200.000,00 (quatro milhões e duzentos mil reais) que a Prefeitura foi condenada a pagar a um médico que prestou serviços ao município durante a gestão do ex-prefeito Elzo de Souza.

Embora a campanha contra o coronavirus possa cancelar a audiência em que o prefeito Palau buscaria um parcelamento de modo a não comprometer o orçamento do município, não vai cancelar nem suspender a ordem de pagamento do valor total em seu vencimento. São duas precatórias a serem quitadas, além do médico, a prefeitura deverá pagar mais R$650.000,00 referente ao pagamento irregular de férias ao funcionalismo, dívida também contraída na administração do ex prefeito Elzo de Souza.

O prefeito Celso Palau vai recorrer ao Tribunal na esperança de que haja agendamento para outra data antes do vencimento da obrigação de pagar. Segundo ele se o município for obrigado a quitar essa dívida, o pagamento do funcionalismo para os meses de outubro, novembro e dezembro poderá ficar comprometido, afetando inclusive o 13º salário.