Trânsito Congestionado no Primeiro Dia de Aula

O início das atividades na nova Creche de Igaratá na última segunda-feira surpreendeu autoridades, pais de alunos e professores

Trânsito Cidades Em 17/02/2017 19:32:54

O início das atividades na nova Creche de Igaratá na última segunda-feira surpreendeu autoridades, pais de alunos e professores. Um engarrafamento formado de ônibus e carros chegou até mesmo a interromper por alguns minutos o trânsito na rodovia Joaquim Simão. Só no dia seguinte o problema foi contornado.

Como o prefeito Celso Palau havia previsto no ano passado será necessária a construção de uma passarela sobre a rodovia Joaquim Simão (SP 56) no trecho defronte ao bairro Jardim Rosa Helena. Pais e alunos que ali residem e outros que não dispõem de carros para acessar as novas instalações são obrigados a atravessar a rodovia em um local de grande fluxo de veículos. Palau não quer esperar acidentes, já iniciou gestões junto ao Governo do Estado para conseguir a obra.

Na segunda-feira os ônibus que transportam estudantes para a nova creche ocuparam praticamente toda a rua de acesso que sai da SP 56. Isso impediu que carros de pais de alunos entrassem na rua e tiveram de aguardar no acostamento da rodovia. O próprio movimento de veículos que demandam o Jd. Rosa Helena e a cidade, vindo da Rodovia D. Pedro I (SP 65) acabaram complicando o transito provocando o engarrafamento que só terminou quando os ônibus conseguiram sair da rua de acesso.

Na própria segunda-feira, na parte da tarde, Palau determinou que o pessoal de obras da Prefeitura rebaixasse as guias que isolavam a área que no futuro será utilizada como estacionamento, permitindo o acesso de todos os veículos. Na terça-feira o transito não sofreu congestionamento na região.

 

Coleta de lixo continuará noturna

Apesar dos três caminhões coletores de lixo já estarem em funcionamento, a coleta continuará sendo feita à noite. A medida, feita emergencialmente enquanto o município aguardava o conserto de dois caminhões, mostrou-se extremamente eficiente, levando a administração a manter o horário.

O prefeito Celso Palau explica que durante a noite os caminhões trafegam com mais liberdade o que proporciona mais segurança aos funcionários e mais celeridade na coleta: - Além da velocidade ser um pouco superior o desgaste do equipamento é menor uma vez que é menos requerida a operação da prensa. Com dois caminhões fazemos a cidade toda em um tempo mais curto, explica o Prefeito.

Palau acrescenta que o uso de dois caminhões permitirá a manutenção do terceiro na reserva, permitindo com alternância entre os três, uma manutenção mais eficiente dos veículos.

O terceiro e último caminhão a ser devolvido da oficina especializada chegou à cidade na quarta-feira passada e já entrou em ação.