Sucesso do Igaratá Fest Show

Palau: “O resultado mostra que o local é excelente e aumenta a nossa responsabilidade quanto aos próximos eventos”

Cidades Em 15/12/2017 20:36:33

As maiores críticas foram para a falta de espaço para comportar as quase dez mil pessoas que, no sábado passado, cobriram o recinto no Jardim Rosa Helena do colorido típico das festas de rodeio. A arquibancada ficou pequena, os camarotes abarrotados e a arena, quando aberta ao público para o show de Maria Cecília e Rodolfo, ficou coberta de fãs da dupla que cantava juntos, aplaudiam e acenavam. Foi uma festa de selfies.

A sequência dos festejos de aniversário de Igaratá que começou com o lançamento da cartilha sobre a história do município mudou o cenário da cidade. Na terça feira o desfile cívico reuniu mais de 1500 pessoas na principal avenida carregando as alegorias que representavam a cultura e a tradição da cidade que comemorou 64 anos de sua emancipação política administrativa e 48 anos de sua transferência provocada pela formação da represa do rio Jaguari.

Animado e narrado pelos locutores de rodeios Alonso Pimentel e Lino Marçal todas as noites o rodeio se estendia em balada que terminava por volta das três horas da madrugada, exceto no domingo quando o sol encontrou ainda a arena cheia. No domingo, a cavalhada liderada pelo animado casal Jair de Oliveira e esposa, desfilou pela cidade com mais de 500 cavaleiros, amazonas de todas as idades, além de charreteiros provenientes de todas as cidades da região.

A Polícia Militar, a Polícia Rodoviária e a Polícia Civil e mais de 60 seguranças contratados pela Prefeitura asseguraram tranqüilidade ao recinto e às centenas de veículos estacionados ao longo da rodovia Joaquim Simão e nas ruas do Jardim Rosa Helena. O local do espetáculo se revelou excelente apesar de ter sido considerado pequeno, nem mesmo a chuva que caiu no primeiro e no último dia atrapalhou o desenrolar do show de peões e amazonas. 

Para o prefeito Celso Palau foi a vitória ao desafio. – Muita gente acreditava que não seria possível fazer um espetáculo como esse. Muitos tinham críticas prontas para fazer, mas conseguimos graças à dedicação dos funcionários da Prefeitura que se desdobraram para que tudo corresse normalmente e a eficiência da empresa contratada para realizar o evento, pondera.

A secretaria municipal da Saúde proporcionou atendimento rápido e eficiente ao lado dos bombeiros civis e socorristas que atenderam as ocorrências típicas de rodeio, especialmente quando o desafio é manter-se oito segundo sobre um touro enfurecido. Salva vidas tiveram, por diversas vezes, de se lançar sobre os peões que não resistiam aos solavancos e volteios dos touros.

Em seu balanço do evento Palau observa que o sucesso comemorado nesses dias aumenta a responsabilidade para o próximo ano e garante que Igaratá voltará a ser uma referência nesse tipo de atividade que tem na região o maior número de adeptos. – Somos uma cidade tipicamente rural, temos de valorizar e cultivar essa tradição que está no coração da maioria das pessoas que aqui vivem ou que escolheram viver aqui. O próximo ano será muito melhor!, conclui.