Secretário de Educação de Arujá expõe problemas de sua pasta

Em uma peregrinação por diversas escolas de Arujá, o secretário de educação e vice prefeito, Dr. Márcio de Oliveira mostrou que embora advogado de formação, encara as questões educacionais de frente

Educação Cidades Em 03/03/2017 20:40:05

 

Em sua entrevista gravada por Ouvidor deixou claro que nesse início de ano e de mandato o seu objetivo é conseguir uma equipe própria de manutenção das escolas municipais. – Apesar de toda boa vontade do secretário de serviços, o corpo de funcionários dedicados à manutenção da cidade é muito pequeno e o volume de serviços é muito grande. Se você acrescenta a essas tarefas rotineiras a manutenção das 40 escolas municipais, fica impossível atender tudo.

A complexidade da gestão da educação parece desafiar o Advogado que escolheu Arujá para viver. Em cada uma das unidades visitadas reconhecia professores e diretores, brincava com alunos e, em algumas delas onde funcionários desenvolviam obras, conversava com eles como velhos conhecidos, buscando saber a dificuldade encontrada na execução dos trabalhos.

Atento a tudo o que acontece em torno das escolas chegou até mesmo chamar a polícia visando a fiscalização de uma oficina montada na rua, diante de uma escola. Com a chegada da Polícia, enfrentou o desafio e foi conversar com os proprietários solicitando mais cuidado com as instalações escolares.

O vídeo produzido pela equipe do Ouvidor visitou as escola Zilda Arns Neumann; Peinha; Padre Geraldo Montibeller e prof. Noeli Simões da Silva, no Barreto. Você pode assistir ao vídeo completo no site www.jornalouvidor.com.br ou diretamente nos canais do Youtube e Facebook