Sebrae-SP tem 120 vagas para ajudar o MEI a melhorar seu negócio no Alto Tietê

Programa inclui cinco dias de capacitações gratuitas em gestão; participantes formalizados podem requerer crédito do programa Juro Zero

Cidades Em 27/11/2018 16:38:45

por Assessoria de Imprensa Sebrae SP

Cinco dias de aprendizado para melhorar a gestão do negócio. Essa é a programação do Super MEI Gestão, programa gratuito do Sebrae-SP voltado para Microempreendedores Individuais (MEIs) e potenciais empresários. São 8 mil vagas abertas em todo o Estado de São Paulo e 120 para a região do Alto Tietê. Ao final do programa, os participantes formalizados como MEI poderão solicitar crédito do programa Juro Zero. 

O Super MEI Gestão inclui cinco oficinas, uma por dia, com os seguintes temas: planejamento, controle de dinheiro, formação de preço, vendas e inovação. As capacitações serão realizadas entre os dias 28 de novembro e 21 de dezembro.

De acordo com a consultora do Sebrae-SP Mariane Primazelli, a falta de gestão é um dos principais fatores que levam os pequenos negócios à falência prematura. Por isso, o Super MEI Gestão tem como objetivo contribuir para o desenvolvimento sustentável dos negócios.

Pesquisa do Sebrae mostra que 38,8% dos MEIs não fazem o registro das receitas no dia a dia. Já 47% responderam que controlam a entrada de dinheiro no negócio em um caderno e 16,5% em um computador. “O MEI precisa conhecer seus custos para saber quanto cobrar pelos produtos ou serviços e saber se o negócio está sendo viável. Ele não pode crescer sem controle”, afirma Primazelli. 

As inscrições podem ser feitas pelo endereço http://solucoes.sebraesp.com.br/cursos/mei/super-mei-gestao/191-K ou pelo telefone 0800 570 0800

Crédito com juro zero

Para quem já é MEI, os cursos do Super MEI Gestão dão ainda a possibilidade de o empreendedor conseguir crédito de R$ 1 mil a R$ 20 mil para investir em seu negócio, dentro do programa Juro Zero Empreendedor, desde que não esteja com restrições cadastrais. 

O valor pode ser destinado para compra de produtos e serviços pretendidos para o exercício das atividades do microempreendedor, tais como: equipamentos, acessórios para veículos, veículos utilitários, motocicletas, ciclomotores e ferramentas para trabalho. O prazo de pagamento do empréstimo é de até 36 meses, com carência de até seis. Para os empreendedores que pagarem em dia, o juro é zero.