Saúde Mental: Mostra reúne trabalhos de oficinas terapêuticas em Arujá

O evento ficará aberto ao público das 8 às 16 horas e reunirá trabalhos artesanais produzidos pelos usuários do serviço

Saúde Cidades Em 12/05/2017 18:16:29

Assessoria de Imprensa Prefeitura de Arujá

 

Em alusão à Luta Antimanicomial no Brasil, o Ambulatório de Saúde Mental de Arujá promoverá nos próximos dias 17, 18 e 19 a 7ª Mostra de Oficinas Terapêuticas com o tema “Cuidar sim, aprisionar jamais”. O evento ficará aberto ao público das 8 às 16 horas e reunirá trabalhos artesanais produzidos pelos usuários do serviço.

O intuito da oficina é apresentar para a sociedade as obras que são criadas pelos arujaenses durante o tratamento e como as mensagens expressadas por meio da arte são relevantes. Quem comparecer ao evento vai encontrar produtos de pintura em tecido, de crochê, de artes plásticas, bonecas de pano, entre outros.

O Ambulatório de Saúde Mental de Arujá fica na Rua Prestes Maia, nº 76, na Vila Riman. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 4655 1550.

Propósito

De acordo com a proposta da mostra, os usuários transmitem por meio de seus trabalhos ideias em oposição à política de exclusão social praticada contra as pessoas que sofrem com transtornos mentais.

Até alguns anos atrás, essa realidade era comum em hospitais psiquiátricos brasileiros, como nos manicômios de Franco da Rocha, em São Paulo, e de Barbacena, em Minas Gerais. Em ambos, as pessoas ficavam reclusas por muito tempo e recebiam um tratamento desumano.

 

Serviço: Evento: 7ª Mostra de Oficinas Terapêuticas

Local: Ambulatório de Saúde Mental de Arujá (Rua Prestes Maia, nº 76, na Vila Riman)

Horário: das 8 às 16 horas

Entrada Gratuita