Resgate de Mario após quatro dias de buscas

A familia de Mário Aparecido Santana, 25, portador de necessidades especiais, comemorou ontem, com alívio, o seu reencontro. Mário ficou 96 horas desaparecido de sua residência em Igaratá.

Cidades Em 17/08/2018 19:32:14

Na segunda – feira (13/08) Mário saiu de casa pela manhã quando todos achavam que ele estava indo para o CAEEDI (Centro de Atendimento Educacional Especializado de Igaratá) onde freqüenta aulas e oficinas. Mas ele não retornou no final do dia como deveria ser. No dia seguinte familiares procuraram a coordenadora do Centro, profa. Tais Ferreira informando de seu desaparecimento. Inicialmente funcionários da Prefeitura percorreram toda a cidade na esperança de encontrá-lo. Mensagens postadas nas redes sociais rapidamente sensibilizaram a população sem, entretanto indicar o seu paradeiro. 

Na falta de indicações a Polícia Civil de Igaratá foi acionada dando início na quarta-feira de um intenso esforço para encontrá-lo. As primeiras informações indicavam que ele fora visto em um bairro distante de sua casa, sujo, com as pernas feridas caminhando sem rumo por uma estrada.

As buscas tiveram empenho de voluntários, do Corpo de Bombeiros, da Polícia Civil de Igaratá, da Polícia Militar com apoio de cães farejadores do canil de Guarulhos e de agentes de saúde do município. Até que na manhã de ontem (17/08), moradores do bairro do Barreiro o identificaram próximo do ponto de ônibus. Uma moradora do bairro o levou para casa onde o alimentou, aqueceu e alimentou. Levado ao Posto de Saúde recebeu curativos nos ferimentos do corpo e foi feita uma avaliação de seu estado de saúde. Mário está bem.

Abalados, mas gratos pela solidariedade e empenho de todos os envolvidos nas buscas, os familiares de Mario agradecem pelo empenho e dedicação com o menino Mário.