Fábia quer firmar parcerias

Para conseguir governar, Fábia quer manter parceria agradável com Santa Casa, Câmara Municipal e empresas da cidade

Cidades Política Em 20/01/2017 19:34:02

Reportagem: Bruno Martins

 

Máquinas e equipamentos quebrados e a crise em contratos da saúde são os maiores desafios da prefeita de Santa Isabel, Fábia Porto. Para superar um primeiro ano de gestão em que ela diz que terá que arrumar a casa, Fábia estuda futuras parcerias público e privada que possam ajudá-la a melhorar a cidade. O depoimento da Prefeita foi feito na segunda-feira, 16/01, na estreia do quadro do Jornal Ouvidor “Café com Prefeito”, transmitido ao vivo pelo Facebook.

Fábia disse que passou por uma transição difícil e isso interferiu e muito o início de seu governo na prefeitura de Santa Isabel: “30 dias antes de assumirmos oficialmente, os sistemas de informatização da Prefeitura ficaram bloqueados e isso impediu que tivéssemos acesso aos dados das secretarias. Fomos proibidos de checar os problemas in loco, somente com autorização do antigo Prefeito e quando oficialmente pegamos a administração, nos deparamos com uma prefeitura cheia de máquinas e equipamentos para manutenção de estradas quebrados, inclusive 19 ambulâncias paradas por falta de conserto. Vamos ter que colocar a casa em ordem para conseguir executar nosso plano de governo”, disse.

A Prefeita disse que avalia com precisão todos os contratos que a antiga gestão firmou com empresas privadas, entre eles o de serviços da saúde como a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e os Postos de Saúde da Família e procurará manter boa relação com a Santa Casa: “Nosso jurídico avalia contrato por contrato. Tenho a Santa Casa como aliada e junto com ela vou buscar melhorar os serviços da saúde que passam desde a atenção básica até o pronto atendimento”, disse. Visando diminuir sua demanda de atendimentos de alta complexidade, Fábia promete fazer mutirões da saúde nos bairros e, se necessário, contratar médicos especializados. 

Relações com a Câmara 

Fábia disse não ter se intimidado com as denúncias do presidente da Câmara, Alencar Galbiatti e que buscará manter boa relação com o Legislativo a fim de atender unicamente os anseios da população: “Eu não virei as costas para a minhas bases, nem tentei interferir na escolha do líder da Câmara. Fomos eleitos não para disputar ego, mas sim trabalhar pelo povo”, completou.

Fábia aproveitou o espaço do Café com Prefeito para anunciar que no próximo domingo, 29, irá promover uma audiência pública no coreto da Praça da Bandeira, a partir das 20h: “É importante que a população participe, pois vamos mostrar em detalhes como pegamos a cidade e o que pretendemos fazer neste primeiro ano”, diz.

A entrevista completa com a Prefeita Fábia Porto pode ser conferida na página do Jornal Ouvidor no Facebook.